Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Ciências Sociais e Exactas >
CSE - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/935

Título: Natureza inclusiva e abrangente da Educação Ambiental
Autor: Matos, Alda
Palavras-chave: Educação
Ambiente
Multidisciplinaridade
Transversalidade
Issue Date: 2007
Citação: Congresso Internacional de Saúde, Cultura e Sociedade. III. Bragança, 2007
Resumo: A relação do Homem e da Natureza nasce com o próprio Homem. Deste relacionamento foi consequência lógica a progressiva descoberta dos recursos naturais e do seu aproveitamento para benefício imediato, situação que se manteve inalterada durante milhares de anos. A natureza, dominante, superava largamente os efeitos que o ser humano era capaz de exercer sobre ela. Contudo, esse equilíbrio natural modificou-se. Da deficiente e desmesurada utilização dos recursos naturais estão a resultar desequilíbrios que se revelarão desastrosos, no curto prazo. Ao destruir os solos, as florestas, os animais e as paisagens, ao urbanizar desordenadamente, ao poluir as terras, as águas e a atmosfera, ao provocar fumos e ruídos insuportáveis, originam-se rupturas de difícil restabelecimento. Hoje, o ser humano começa a ter consciência de que a destruição do meio é a sua própria destruição. A Medicina do Ambiente estuda os efeitos e riscos provocados, em geral, por agentes exteriores sobre a saúde do ser humano numa abordagem multidisciplinar, cuja abrangência vai desde o plano natural ao sociológico. Investiga, questiona e equaciona acções preventivas para melhorar o ambiente, reduzindo assim os riscos para a saúde. O analfabetismo funcional, tecnológico e ambiental é o mais difícil de ser erradicado e atinge pessoas com vários níveis de escolaridade. A escassez de temas relacionados com a compreensão do funcionamento do meio promove o desenvolvimento de uma visão fragmentada e incompleta da natureza. Sem o conhecimento da real dimensão dos processos geológicos, do carácter natural das mudanças globais e seus aspectos históricos, das suas correlações com a vida e sua evolução, não poderão ser formados cidadãos conscientes e sensíveis aos problemas ambientais. Neste contexto, é fundamental o reconhecimento da escala de intensificação dos processos naturais que a actividade antrópica provoca. Só proporcionando o desenvolvimento de uma visão sistémica do planeta, em que participa a Biosfera em processos interdependentes, se poderão formar cidadãos responsáveis pelo uso e ocupação do meio natural. Assim, a presente pesquisa, sustentada numa breve revisão bibliográfica, pretende oferecer uma abordagem sistémica, integradora e transdisciplinar da Educação Ambiental, numa perspectiva multifacetada, focada na sua natureza inclusiva e abrangente.
URI: http://hdl.handle.net/10198/935
Appears in Collections:CSE - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Natureza Inclusiva e Abrangente da Educação Ambiental.pdf316,21 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia