Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/9286
Título: Promoção do aleitamento materno
Autor: Luis, Anabela F.
Pinto, Ana Paula V.
Pires, Ana Teresa P.
Pires, Catarina Sofia Martins
Costa, Cátia Sofia Afonso
Veigas, Sónia I.S.
Correia, Teresa
Palavras-chave: Aleitamento materno
Cuidados de enfermagem
Promoção da saúde
Saúde da mulher e da criança
Data: 2013
Editora: Cespu, Crl : Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário
Citação: Luis, Anabela F.; Pinto, Ana Paula V.; Pires, Ana Teresa P.; Pires, Catarina Sofia Martins; Costa, Cátia Sofia Afonso; Veigas, Sónia I.S.; Correia, Teresa (2013) - Promoção do aleitamento materno. In VI Jornadas de Obstetrícia «Por uma Vida Melhor».Vila Nova de Famalicão
Resumo: O conhecimento das mulheres sobre o tempo de amamentação é menor que o tempo preconizado na literatura científica ou pelas organizações de saúde. Fazer uma revisão sistemática da literatura sobre promoção do aleitamento materno.Foi realizada uma revisão de literatura na base de dados LILACS, MEDLINE E SCIELO, entre os anos 2003 e 2013, com base nos seguintes descritores: “Aleitamento materno”, amamentação”, “promoção da saúde”, “saúde da criança”, “desmame”, saúde da mulher”, “cuidados de enfermagem”. Foram definidos como critérios de exclusão, puérperas com patologias, relatação e período anterior ao parto. Foram analisados 28 artigos submetidos aos critérios de exclusão, obtendo-se para amostra final desta revisão, 21 artigos. A maioria dos estudos foi realizada no Brasil, e o tempo de acompanhamento das mulheres ocorreu entre o parto e os 24 meses. Verificou-se que o conhecimento das puérperas relativamente à amamentação é determinante para o aumento das taxas de amamentação, no entanto é insuficiente. O apoio aos problemas comuns relacionados com a lactação devem ser manejados adequadamente evitando o desmame precoce. É necessário capacitar os profissionais envolvidos com a amamentação para que estejam aptos a identificar as mudanças do amamentar, melhorar essa prática e o sistema de apoio. As orientações dos profissionais de saúde e o investimento em campanhas de difusão apresentam-se como instrumentos eficazes de promoção. A participação ativa dos profissionais de saúde é essencial na promoção do aleitamento materno, tendo em conta todo o contexto social, sem esquecer o suporte ao ambiente e companheiro.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/9286
Versão do Editor: www.ordemenfermeiros.pt/.../VIJornadasdeObstetricia-Porumavidamelh...
Aparece nas colecções:ESSa - Posters em Encontros Científicos Nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Anabela Luis et all.Promoção do aleitamento materno. VI JORNADAS OBSTETRICIA FAMALICAO 2013.pdf504,94 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.