Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Ciências Sociais e Exactas >
CSE - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/926

Título: A fileira da castanha: situação actual dos mercados
Autor: Matos, Alda
Palavras-chave: Mercados
Castanha
Calibres
Mais-valias
Issue Date: 2004
Editora: Sociedade Portuguesa de Estudos Rurais
Citação: Congresso de Estudos Rurais. II. Angra do Heroísmo, 2004.
Resumo: A castanha foi um dos frutos que conseguiu sobreviver à crise dos produtos agrícolas. No seio da União Europeia, a produção de castanha e de uma forma geral a produção de frutos secos, está concentrada em regiões desfavorecidas, com altos índices de envelhecimento das populações e profunda erosão demográfica. Aliado a estes frutos está o aumento do consumo de uma multiplicidade de produtos industrializados. A nível nacional, a castanha é um fruto de tradições, perfeitamente adaptado às explorações agrícolas do Norte e Centro do país. Depois da queda de valor do fruto, foi a partir da década de 90 que o castanheiro veio assumindo maior importância, constituindo no presente, uma boa fonte de receitas para as populações rurais. Assim, o objectivo desta comunicação prende-se com a caracterização dos diversos mercados que integram a fileira da castanha em Portugal, tendo como base uma investigação efectuada em torno da fileira da castanha e sua cadeia de valor. Metodologicamente, foram consultadas fontes primárias (entrevista directa aos principais intervenientes) e secundárias (dados oficiais). Da investigação concluiu-se que a fileira da castanha apresenta grande diversidade de mercados e formatos comerciais. Não existe apenas um mercado de castanha mas vários, com diversas características que se baseiam nas exigências que os clientes atribuem aos frutos. Dos atributos exigidos salientam-se, entre outros, os calibres dos frutos (o tamanho do fruto é efectivamente um dos factores mais importantes na comercialização), a qualidade das variedades e a aptidão para a transformação industrial (a facilidade ao descasque mecânico é também um dos requisitos da castanha destinada à indústria), a temporalidade (o período de maturação condiciona o maior ou menor poder de conservação da castanha) e a monospermia (exigida para confeitaria de luxo). No mercado interno, a produção é preferencialmente orientada para o uso em natureza ou culinário, sendo uma pequena parte utilizada na indústria. Esta laboração resume-se praticamente à congelação. Está em grande crescimento, tanto no mercado interno como externo, a conservação de castanha descascada e congelada, que permite a utilização da matéria-prima pelas unidades agro-industriais ao longo de todo o ano.
URI: http://hdl.handle.net/10198/926
Appears in Collections:CSE - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
A Fileira da Castanha Situação Actual dos Mercados.pdf253,55 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE