Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
CIMO >
CIMO - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/874

Título: Ensaio de captura em massa contra a mosca da azeitona Bactrocera oleae (Gmel.).
Autor: Bento, Albino
Torres, L.
Lopes, João
Pereira, J.A.
Rocha, M.
Palavras-chave: Oliveira
Mosca da azeitona
Luta biotécnica
Captura em massa
Issue Date: 1998
Editora: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal
Citação: Revista de Ciências Agrárias. ISSN 0871-018X. 21:1-4 (1998) p. 231-235
Resumo: Nos últimos anos a mosca da azeitona Bactrocera oleae (Gmel.) tem-se revelado um dos principais inimigos da oliveira em Trás-os-Montes, causando graves prejuízos de natureza quantitativa e qualitativa à produção. Na situação apresentada, e uma vez que os insecticidas actualmente disponíveis para combate deste insecto possuem reduzida selectividade, podendo, quando mal utilizados, causar desequilíbrios biológicos no olival, com o presente estudo procurou-se avaliar as possibilidades oferecidas pela captura em massa, enquanto alternativa ou complemento da luta química. Para o efeito em 1997 instalou-se um ensaio num olival situado próximo de Mirandela. As armadilhas utilizadas eram constituídas por um saco de papel de cor verde, impregnado de insecticida e contendo um atractivo alimentar e uma feromona sexual. As modalidades ensaiadas foram para além da testemunha, uma armadilha por árvore, uma armadilha para duas árvores, uma armadilha para três árvores e uma armadilha para quatro árvores. O acréscimo no nível de infestação foi significativamente maior na testemunha e na modalidade onde se utilizou uma armadilha por cada três ou quatro árvores do que nas restantes. Por outro lado, os resultados obtidos foram significativamente melhores na modalidade onde se utilizou uma armadilha por árvore que em qualquer das outras. Os resultados deste estudo sugerem que a captura em massa oferece perspectivas interessantes para a protecção contra a mosca da azeitona em Trás-os-Montes. Contudo, será necessário aprofundar as observações sobre o tema para confirmar a eficácia do método.
Preliminary results on a study aimed to evaluate the efficiency of mass trapping to control Bactrocera oleae (Gmel.) are presented. This study was carried out during 1997, in an olive grove near Mirandela. Traps used were insecticide-treated paper bags of green colour, baited with a food attractant (amonium bicarbonate) and a Sex pheromone. One control and four trap densities were tested - one trap per four tree, one trap per three tree, one trap per two tree and one trap per tree. The trend of the infestation was significantly different in the tree protected by the three higher densities of traps, from those in the control. Reduction in the level of infestation was significantly higher in the treatment where one trap was used per tree, than in any of the others. The results of this experiment suggest that control of the olive fly can be achieved in Trás-os-Montes, with the mass trapping method. However further experiments are necessary to confirm the efficiency of the method.
URI: http://hdl.handle.net/10198/874
ISSN: 0871-018X
Appears in Collections:CIMO - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI
PTV - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
2.pdf2,11 MBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE