Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/8516
Título: Dinâmica empresarial do setor da saúde humana e ação (apoio) social no distrito de Bragança
Autor: Alves, Raquel de Oliveira
Orientador: Nunes, Alcina
Palavras-chave: Oferta privada de cuidados de saúde
Setor da saúde humana e ação/apoio social
Empreendedorismo
Bragança
Data de Defesa: 2013
Resumo: Em Portugal, o Serviço Nacional de Saúde não tem conseguido acompanhar, e responder, satisfatoriamente ao crescimento da procura de cuidados de saúde, sendo-lhe atribuídos problemas em termos de cobertura, acessibilidade e ineficiência. Estes factos têm preocupado e orientado os prestadores privados para o mercado sendo inegável o despertar recente dos agentes da oferta para atividades privadas no setor da saúde humana e ação/apoio social. É, assim, importante que se conheça, e perceba, a dinâmica empresarial do setor da saúde e ação/apoio social, de forma a melhorar a atividade empresarial dos cuidados de saúde numa determinada localização. Com base em dados estatísticos regionais longitudinais, oriundos da base de dados Quadros de Pessoal, o trabalho de investigação subjacente a esta dissertação, tem como objetivos a análise e explicação da evolução da atividade empreendedora privada no setor da saúde humana e ação/apoio social no distrito de Bragança, de 1985 a 2009. A aplicação de indicadores de estatística descritiva permitiu descrever a evolução da atividade empreendedora privada, no setor, ao longo do tempo e a aplicação da metodologia econométrica de dados em painel, através da estimação de modelos de efeitos fixos e aleatórios, permitiu identificar e mensurar os indicadores sócio demográficos que estão na origem de tal evolução. Conclui-se que o número de estabelecimentos privados, e respetivo pessoal ao serviço, no setor da saúde humana e ação/apoio social tem crescido nos doze concelhos do distrito de Bragança sendo que a estrutura da população residente, em particular os níveis de dependência da população idosa e o aumento da longevidade da população, influenciam muito forte e positivamente esta tendência. In Portugal, the National Health Service has failed to monitor and respond satisfactorily to the growth in the searching for health care services and problems of coverage, accessibility and inefficiency have been attributed to its lack of action. These facts have been cause of concern for the private health care providers and have guided them to the market, and one cannot deny the recent awakening of agents offering for private practice in the human health sector/social support. It is, therefore, important to know and understand the business dynamics of the health sector and human action/social support in order to improve the health care business activity in a given location. Based on statistical regional longitudinal data taken from the lists of Permanent Staff, the research work behind this dissertation aims at analyzing and explaining the evolution of the private entrepreneurial activity in the human health setor and human action /social support in the district of Bragança, from 1985 to 2009. The application of descriptive statistical indicators has allowed to describe the evolution of the private entrepreneurial activity in this setor over the time, and it has also allowed the application of econometric methodology panel data, by estimating the models of fixed and random effects. In addition, it has permitted us to identify and measure the socio demographic indicators which have originated such evolution. We conclude that the number of private institutions and respective personnel working in the health setor and human action / social support has grown in the twelve counties in the district of Bragança. We are certain that the structure of the resident population, particularly the levels of dependence of the aged population and the increase in life expectancy, influence very deep and positively this tendency. En Portugal, el Servicio Nacional de Salud no ha logrado acompañar ni corresponder, satisfactoriamente, al crecimiento de la procura de cuidados de salud, siéndole atribuidos problemas en términos de cobertura, accesibilidad y ineficiencia. Estos hechos han preocupado y orientado los proveedores privados para el mercado siendo innegable el despertar reciente de los agentes de la oferta para actividades privadas en el sector de la salud humana y acción social/apoyo social. Por consiguiente, es importante que se conozca y que se comprenda la dinámica empresarial del sector de la salud y acción/apoyo social, de manera a mejorar la actividad empresarial de los cuidados de salud en una dada localización. Con base en datos estadísticos regionales longitudinales, provenientes de la base de datos Dotación de Personal, el trabajo de investigación subyacente a esta disertación, tiene como objetivos la análisis y explicación de la actividad emprendedora privada en el sector de la salud humana y acción social/apoyo social en el distrito de Braganza, de 1985 a 2009. La aplicación de indicadores de estadística descriptiva ha permitido describir la evolución de la actividad emprendedora privada, en el setor, a lo largo del tiempo y la aplicación de la metodología econométrica de datos en panel, a través la estimación de modelos de efectos fijos y aleatorios y a incluso permitido identificar y mensurar los indicadores socio demográficos que están en el origen de tal evolución. Se concluye que el número de establecimientos privados en el setor de la salud humana y acción/apoyo social, y respetivo personal a su servicio, ha aumentado en los doce ayuntamientos del distrito de Braganza, siendo que la estructura de la población residente, particularmente los niveles de dependencia de los ancianos y el aumento de la longevidad de la población, influyen muy fuerte y positivamente esta tendencia.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/8516
Designação: Mestrado em Gestão as Organizações – Ramo de Gestão de Unidades de Saúde
Aparece nas colecções:GO - Gestão das Organizações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
raquel_alves_MGO_2013_unidades de saude.pdf919,39 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.