Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/8477
Título: O nível de stresse nos enfermeiros: a realidade das unidades de cuidados continuados de Bragança e Vila Real
Autor: Morais, Cristina Alexandra Sacras
Ribeiro, Maria Isabel
Fernandes, Adília
Data: 2013
Editora: Escola Superior de Saúde de Bragança, Unidade Local de Saúde do Nordeste
Citação: Sacras, Cristina; Ribeiro, Maria Isabel; Fernandes, Adília (2013) - O nível de stresse nos enfermeiros: a realidade das Unidades de Cuidados Continuados de Bragança e Vila Real. In Jornadas de Enfermagem da Escola Superior de Saúde do IPB. Bragança
Resumo: A enfermagem é uma profissão desgastante, já que implica interagir com a pessoa em situação de crise e de sofrimento. Devido à sobrecarga e ao stresse enfrentado, a qualidade deste relacionamento pode estar comprometida, interferindo na qualidade dos cuidados prestados. Ser enfermeiro significa ter como agente de trabalho o Homem, e como sujeito de acção, o próprio Homem. Há uma estreita ligação entre o trabalho e o trabalhador, com a vivência directa e ininterrupta do processo de dor, morte, sofrimento, desespero, incompreensão, irritabilidade e tantos outros sentimentos e reacções desencadeadas pelo processo de doença (Santos & Teixeira, 2009).
URI: http://hdl.handle.net/10198/8477
Aparece nas colecções:CSE - Posters em Encontros Científicos Nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Poster_Stresse_JornadasESSA.pdf345,59 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.