Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/8231
Título: Fatores determinantes no consumo de medicamentos (um estudo em idosos no concelho de Macedo de Cavaleiros)
Autor: Midões, Cristiana
Orientador: Pires, Amélia M.M.
Palavras-chave: Idoso
medicamento
políticas de gestão
saúde
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Citação: Midões, Cristiana (2012) - Fatores determinantes no consumo de medicamentos (um estudo em idosos no concelho de Macedo de Cavaleiros). Bragança: Escola Superior de Tecnologia e Gestão. Dissertação de Mestrado em Gestão das Organizações
Resumo: O envelhecimento é um dos fenómenos mais marcantes da sociedade do século XXI e com implicações a vários níveis. Com o aumento da idade aumenta, por norma, a prevalência de doenças crónicas e degenerativas, não sendo raros os casos em que um idoso apresenta vários problemas de saúde e tem, como consequência, necessidade de usar vários medicamentos ao mesmo tempo. Neste sentido, de há uns anos a esta parte que os encargos com medicamentos pagos pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS) não param de aumentar, ao ponto de mais recentemente os Governos serem chamados a tomar medidas de emergência capazes de permitir travar o crescimento exponencial de gastos e assegurar a sustentabilidade do sistema. É dentro deste contexto que se desenvolve este estudo, com o objetivo de contribuir para uma compreensão mais sustentada do fenómeno do envelhecimento das populações na sua relação com o consumo de medicamentos e, a partir daí, poder dar um modesto contributo para a gestão da saúde e do medicamento, nomeadamente para as farmácias comunitárias do concelho de Macedo de Cavaleiros, que lidam diariamente com estes cidadãos. Para tanto, aplicámos um inquérito por questionário a uma amostra de 290 indivíduos com mais de 65 anos, residentes no referido concelho, no sentido de aferir alguns fatores acerca do consumo de medicamentos em idosos no referido concelho. Os resultados apontam, ao contrário de estudos anteriores, para a não existência de uma relação direta entre o consumo de medicamentos e o aumento da idade. Aging is one of the most remarkable phenomena of the XXI century society and with far-reaching implications. With increasing age also increases, as a rule, the prevalence of chronic and degenerative diseases, not being rare the cases in which an elderly presents different health problems and, as a consequence, has the need to use several drugs simultaneously. In this sense, since a few years ago that the cost of medicines, paid by the Portuguese National Health Service (SNS), is constantly increasing. To the point that recent governments were called to take emergency measures to curb the exponential growth of spending and ensure the sustainability of the system. This study is developed within this context, with the goal of contributing to a more sustained understanding of the aging phenomenon in relation to the consumption of drugs and, thereafter, make a modest contribution to health and medicine management, particularly for “community pharmacies” in the borough of Macedo de Cavaleiros, who deal daily with these citizens. For this, we applied a questionnaire to a sample of 290 individuals over 65 years, residing in the above borough, to understand some specific factors relating consumption in elderly . The results show, unlike previous studies, the non-existence of a direct relationship between medicine use and aging. El envejecimiento es uno de los fenómenos más significativos de la sociedad del siglo XXI y con implicaciones a varios niveles. Con el aumento de la edad, aumenta por consiguiente la prevalencia de enfermedades crónicas y degenerativas, no siendo raros los casos en que un individuo presenta varios problemas de salud al mismo tiempo y tiene, como consecuencia, la necesidad de tomar varios medicamentos a la vez. En este sentido, de unos años a esta parte los encargos de medicamentos pagados por el Servicio Nacional de Salud (SNS) no paran de aumentar, hasta el punto más reciente de que los Gobiernos han sido llamados para que tomen medidas de emergencia capaces de parar el crecimiento exponencial de gastos y asegurar la sustentabilidad del sistema. Es dentro de este contexto donde se desenvuelve este estudio, con el objetivo de contribuir a una compensación más sustentada en el fenómeno del envejecimiento de las poblaciones en relación con el consumo de medicamentos y, a partir de ahí, poder dar una modesta contribución para la gestión de la salud y medicamentos, al mismo tiempo para las farmacias comunitarias del municipio de Macedo de Cavaleiros, que tratan diariamente con estos ciudadanos. Para ello, se ha realizado una encuesta a una muestra de 290 individuos con más de 65 años, residentes en dicho municipio, con el fin de evaluar algunos factores relacionados con el consumo de medicamentos en las personas mayores. Los resultados apuntan, al contrario que los estudios anteriores, una inexistente relación directa entre el consumo de medicamentos y el aumento de la edad.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/8231
Aparece nas colecções:GO - Gestão das Organizações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese Cristiana Midões.pdf1,25 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.