Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/8220
Título: Prestação de serviços sociais em Portugal (mercado e networks, competição entre sectores)
Autor: Pinela, Ana de Fátima Afonso
Orientador: Rodrigues, Miguel
Palavras-chave: Mercado
Terceiro sector
Organizações sem fins lucrativos
Respostas sociais
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Citação: Pinela, Ana de Fátima Afonso (2012) - Prestação de serviços sociais em Portugal (mercado e networks, competição entre sectores). Bragança: Escola Superior de Tecnologia e Gestão. Dissertação de Mestrado em Gestão das Organizações
Resumo: Uma das tarefas da Administração Pública é coordenar a afectação e redistribuição de recursos na sociedade, tendo por base o objectivo de conseguir maior eficiência, equidade, promoção do crescimento e estabilidade, visando um bem-estar social (Pereira, 2005). São várias as discussões académicas que giram em torno da intervenção do Estado no mercado. Os Estudos mostram que o mercado não é um sistema perfeito. As suas falhas justificam a intervenção Estatal. A produção de respostas sociais, na prossecução dos interesses da Segurança Social, é uma área muito sensível, relacionada com a dignidade humana. O Mercado, por si só, não responde às necessidades de procura, por dois motivos: Não considera o negócio atractivo e por isso não participa na sua produção; Existem falhas de mercado, como as assimetrias de informação, que podem penalizar os consumidores. Nestas circunstâncias, o Estado intervém, não como produtor, mas como financiador, numa partilha de responsabilidades, com o terceiro sector. O presente trabalho propõe analisar as circunstâncias em que existe competitividade entre os dois sectores. O Estudo engloba 278 municípios, de Portugal Continental. Será testado para um conjunto de indicadores estatísticos, que procurarão explicar as variáveis dependentes, nesse contexto socioeconómico. Para o tratamento estatístico foi utilizado o modelo de regressão Seemingly Unrelated Regression, operacionalizado através do software estatístico Data Analysis and Statistical Software. O estudo conclui que existem variáveis relacionadas com a atractividade do mercado, altruísmo e procura específica, que influenciam a produção de respostas sociais, num ambiente de concorrência entre o mercado e terceiro sector. One of the tasks of the Public Administration is to manage the allocation and reallocation of society's resources, based on the objective of achieving greater efficiency, equity, promoting growth and stability, seeking a social welfare (Pereira, 2005). There are several academic debates turning around the intervention of the state in questions market. Studies show that the market is not a perfect system. Their failures justify State intervention. The production of social responses, in pursuing the interests of social security is a very sensitive area, related to human dignity. The market alone does not gather the needs of demand, for two reasons: it doesn’t consider the business attractive and therefore it takes no part in the production; there are market failures, such as information asymmetries, which can punish consumers. In these circumstances, the State gets involved, not as a producer but as a financier, to share responsibilities, with the third sector. This exertion will analyse the circumstances in which there exists competition between the two sectors. The study covers 278 Portuguese municipalities. It will be tested in a set of statistical indicators that seek to explain the dependent variables in this socioeconomic context. For statistical analysis we used the regression model regression unrelated Seemingly Unrelated Regression through the statistical software Data Analysis and Statistical Software. The study concludes that there are variables related to the attractiveness of the market, selflessness and specific demand, which influence the development of social responses in an environment of competition between the market and third sector. Una de las tareas de la Administración Pública es la de coordinar la asignación y la redistribución de recursos en la sociedad, con base en el objetivo de lograr mayor eficiencia, equidad, promoción del crecimiento y estabilidad, en busca del bienestar social (Pereira, 2005). Son varias las discusiones académicas que giran al redor de la intervención estatal en el mercado. Los estudios muestran que el mercado no es un sistema perfecto. Sus fracasos justifican la intervención del Estado. La producción de respuestas sociales, en la persecución de los intereses de la Seguridad Social es un área muy sensible, en relación con la dignidad humana. El mercado por sí solo no satisface las necesidades de la demanda, por dos razones: No tiene como atractivo el negocio y por lo tanto no participa en su producción; Existen fallas de mercado, tales como las asimetrías de información, que pueden penalizar a los consumidores. En estas circunstancias, el Estado interviene, no como productor sino como un financiador, en un reparto de responsabilidades, con el tercer sector. Este trabajo propone analizar las circunstancias en las que existe competitividad entre los dos sectores. El estudio abarca 278 municipios en Portugal Continental. Se pondrá a prueba un conjunto de indicadores estadísticos que tratan de explicar las variables dependientes en este contexto socio-económico. Para el análisis estadístico se utilizó el modelo de regresión Seemingly Unrelated Regression, hecho mediante el software estadístico Data Analysis and Statistical Software (STATA). El estudio concluye que existen variables relacionadas con la atracción del mercado, del altruismo y la demanda específica, que influyen en la producción de respuestas sociales en un ambiente de competencia entre el mercado y el tercer sector.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/8220
Aparece nas colecções:GO - Gestão das Organizações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Ana de Fátima Afonso Pinela.pdf1,37 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.