Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/8219
Título: Avaliação das etapas de gestão de resíduos hospitalares no centro de saúde de Bragança (unidades da Sé e Santa Maria)
Autor: Vieira, Ana Patrícia Fernandes
Orientador: Galvão, Ana Maria
Pereira, Cláudia Guimarães Pinto
Palavras-chave: Resíduos hospitalares
Estratégias de gestão
Triagem
Unidades de prestação de cuidados de saúde (UPCS)
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Citação: Vieira, Ana Patrícia Fernandes (2012) - Avaliação das etapas de gestão de resíduos hospitalares no centro de saúde de Bragança (unidades da Sé e Santa Maria). Bragança: Escola Superior de Tecnologia e Gestão. Dissertação de Mestrado em Gestão das Organizações
Resumo: A natureza, diversidade e perigosidade dos resíduos hospitalares exige procedimentos específicos na sua gestão. A existência de resíduos provenientes da prestação de cuidados de saúde acarreta um importante problema de saúde pública e ambiental, para além de aumentar a preocupação na prevenção dos consequentes efeitos negativos. O aparecimento de doenças transmissíveis graves foi preponderante na percepção da perigosidade de determinados resíduos hospitalares, enquanto focos de contaminação, para a saúde pública. Esta conjuntura conduziu ao aumento das preocupações com os cuidados a ter com os resíduos hospitalares, que se reflectiram no progresso das estratégias de gestão. A importância da protecção da saúde humana na perspectiva da prevenção da doença e promoção da saúde é uma preocupação também patente em todo o processo de gestão desta tipologia de resíduos. Através de um estudo de carácter observacional, do tipo descritivo, pretendeu-se observar, descrever e explorar as condições de funcionamento da gestão destes resíduos no Centro de Saúde de Bragança (Unidades da Sé e Santa Maria), explorando as práticas dos profissionais de saúde e procurando identificar factores que interferem no desenvolvimento destas práticas. Privilegiou-se a observação directa e o uso de uma checklist como técnicas de recolha de informação. As observações foram realizadas nos gabinetes médicos, de enfermagem, circuitos dos resíduos, salas de tratamento e no armazém. Os resultados das observações sugerem que o processo de separação de resíduos apresenta deficiências, sendo o principal problema operacional identificado. Os prestadores de cuidados de saúde são responsáveis pela separação dos resíduos no local de origem, sendo esta uma das fases mais importantes para a minimização e gestão efectiva dos resíduos produzidos. Os valores de estudo encontrados apontam para uma dependência relativamente às práticas de triagem realizadas nas unidades em estudo; isto é, as práticas estão relacionadas com a Unidade de Saúde.
The nature and diversity of hazardous medical waste requires specific procedures in their management. The existence of waste resulting from health care provision reflects an important public health and environmental problem and reinforces the growing concern in the prevention of negative effects. The occurrence of serious diseases had a key role in the perception of certain RH, while sources of infections a danger for public health. This situation led to increased concerns about the handling of medical waste, with repercussions in the progress of management strategies. The soundness of human health protection from the perspective of disease prevention and health promotion is a concern also reflected in the whole process of managing this type of waste. Through a observational, descriptive type, study it was intended to analyze, characterize and explore the functioning conditions of medical waste management in Bragança Health Care Center (Sé and Santa Maria units), exploiting the practices of health care providers and aiming to identify the factors with relevance in the development of those practices. The direct observation and the use of a checklist were the selected data gathering techniques. The observations were performed in the medical and nursery offices, waste circuits, treatment rooms and warehouse. The results of observations suggest that the separation of waste contains deficiencies, being the the main operational problem identified. The health care providers are responsible for the separation of waste on the source, which is one of the most important stages for the minimization and effective management of medical waste. The obtained values point towards a dependent relationship regarding the screening practices carried out in the studied units. This is, practices diverge according with work location.
La naturaleza, la diversidad y los peligros de los residuos hospitalarios requieren procedimientos específicos en su gestión. La existencia de residuos procedentes de los cuidados hospitalarios prestados implica un importante e problema de salud pública y ambiental, y contribuye para aumentar la conciencia en la prevención de los efectos negativos consecuentes. La aparición de graves enfermedades transmisibles fue preponderante para la percepción de los peligros de residuos hospitalarios, que pueden actuar como fuentes contaminación, para la salud pública. Esta coyuntura llevó a la creciente preocupación sobre las medidas a tomar con los residuos hospitalarios, lo que se refleja en el progreso de las estrategias de gestión. La importancia de proteger la salud humana desde la perspectiva de prevenir enfermedades y promover la salud es una preocupación también presente en todos el proceso de gestión de esto tipo de residuos. A través un estudio de carácter observacional, de tipo descriptivo, se ha intentado observar y describir las condiciones de funcionamiento de la gestión de estos residuos en el Centro de Salud de Braganza (unidades de la Sé y Santa María), analizando prácticas de los profesionales de la salud y tratando de identificar factores que afectan el desarrollo de estas prácticas. Nos hemos centrado en la observación directa y el uso de una lista verificación como técnicas de recogida de datos. Las observaciones se realizaron en los consultorios médicos, gabinetes de enfermería, circuitos de residuos, salas de tratamiento y el almacén. Los resultados de las observaciones sugieren que el proceso de separación de residuos es deficiente, siendo este el problema principal identificado. Los prestadores de cuidados de salud son responsables per separación de residuos en la origen, siendo esta una de las etapas más importantes para la minimización y la gestión eficaz de los residuos. Los resultados encontrados indican una dependencia con respecto a las prácticas de detección realizadas en las unidades de estudio, esto es, las prácticas divergen de acordó con el local de trabajo.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/8219
Aparece nas colecções:GO - Gestão das Organizações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação FINALPatricia.pdf1,09 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.