Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/8024
Título: Satisfação dos Profissionais de Enfermagem
Autor: Moura, Sandra Cristina Mendo
Orientador: Brás, Manuel
Anes, Eugénia
Palavras-chave: Satisfação profissional
Profissionais de enfermagem
Gestão
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Citação: Moura, Sandra Cristina Mendo (2012) - Satisfação dos Profissionais de Enfermagem. Bragança: Escola Superior de Tecnologia e Gestão. Dissertação de Mestrado em Gestão das Organizações
Resumo: A delimitação do conceito de satisfação profissional é uma tarefa complexa, já que esta está intrinsecamente relacionada com a forma como o indivíduo se sente no seu local de trabalho e com as suas características pessoais e associada simultaneamente à produtividade dos indivíduos. Tendo por base esta temática, estabelecemos como principal objectivo, verificar se existem diferenças entre as variáveis sociodemográficas, de contexto profissional, de contexto de formação e de contexto laboral e o nível de satisfação dos profissionais de enfermagem do ACES Trás-os-Montes I (Nordeste). Trata-se de estudo descritivo, transversal e correlacional que recorre à vertente quantitativa do processo metodológico. Nesta investigação optou-se pela aplicação de um questionário anónimo e confidencial aplicado aos profissionais de enfermagem do ACES Trás-os-Montes I (Nordeste) dividido em duas partes: a primeira parte, constituída por um questionário prévio, com questões elaboradas pelo investigador, contemplando variáveis de caracterização sociodemográfica, profissional, de formação, laboral, entre outras e, uma segunda parte constituída pela escala de Satisfação com o Trabalho de Ribeiro (2002). A relação entre variáveis da primeira parte do questionário com as dimensões da escala de Satisfação com o Trabalho, permitiu esclarecer quais os fatores preponderantes na Satisfação com o Trabalho nestes profissionais. Quanto aos resultados mais significativos, relativamente às médias de satisfação mais elevadas, podemos dizer que são profissionais do sexo masculino, com idades superiores a 44 anos, casados e com filhos, que possuem Pós – Licenciatura de Especialização, que não prestam cuidados directos, com horário fixo, motivados e satisfeitos com o vencimento que auferem, que não têm conflitos no local de trabalho, satisfeitos com o reconhecimento da profissão, que exercem funções de gestão e que continuariam a escolher a mesma profissão. Não há duvida que, sendo o trabalho vital para a vida e realização das pessoas, a satisfação em realizá-lo contribui para que tenhamos uma sociedade melhor. The delimitation of the professional satisfaction concept of is a complex task, since this is intrinsically related with the form as the individual feels in its workstation and its personal characteristic, and associate to the productivity of the individuals. Having for base this thematic, we establish as main objective to verify if there are differences between the social and demographic variables, of professional context, formation of context and labor context and the level of satisfaction of the nursing professionals of the ACES Trás-os-Montes (Nordeste). It was a descriptive, transversal and correlacional study, treated as a quantitative source of the process method. This anonymous inquiry was applied to the nursing professionals of the ACES Trás-os-Montes (Nordeste) and divided in two parts: the first part, consisting of a previous questionnaire, with questions elaborated for the investigator, contemplating changeable of social and demographic variables, professional characterization, of formation, labor, among others e; one second part consisting of the scale of Work Satisfaction of Ribeiro (2002). The relation between variable of the first part of the questionnaire with the dimensions of the scale of Work Satisfaction, allowed to establish which are the preponderant factors in the Work Satisfaction the in these professionals. The main results stands out that a highest satisfaction comes from the masculine sex, over the 44 years old, married and with children, who possess the specialty, that do not do direct cares, with fixture hourly, satisfied with the salary, that do not have conflicts in the workstation, satisfied with the recognition of the profession, that have management functions and those who would choose the same profession again. Work is vital for the life of the people and the satisfaction carries through it contributes so that we can have a better society. La delimitación del concepto de la satisfacción profesional es una tarea compleja, puesto que esto se relaciona intrínsecamente con la forma como el individuo si se siente simultáneamente en su sitio de trabajo y sus característias personales, asociado a la productividad de los individuos. Teniendo para la base ésta temática establecemos como objetivo principal verificar si existen diferencias entre variables sociodemográficas, del contexto profesional, contexto de la formación y contexto del trabajo y el nivel de la satisfacción de los profesionales del oficio de enfermera de ACES Trás-os-Montes (Nordeste). Se llevo a cabo un estudio descriptivo, transversal y correlacional, tratado a la fuente cuantitativa del proceso metodológico. Esta investigación anónima que fue aplicada a los profesionales del oficio de enfermera de ACES Trás-os-Montes (Nordeste) y dividido en dos porciones, fue optado al uso de un cuestionario confidencial: la primera parte, consistiendo en un cuestionario, con preguntas que el investigador elaboró, para comtemplar la caracterización sociodemográfica, caracterización profesional, de la formación, trabajo, entre otros e; una segundo porción que consiste en la escala de la satisfacción con el trabajo de Ribeiro (2002). La relación entre variables de la primera parte del cuestionario con las dimensiones de la escala de la satisfacción con el trabajo permitió establecer cuál los fatores preponderantes en la satisfacción con el trabajo en estos profesionales. Cuánto a los resultados más significativos de satisfacción nos revelo relativamente más la poder para decir que están del sexo masculino, con el superior envejece los 44 años, casado y con los niños, que poseen la especialidad, que no dan cuidados diretos, con el accesorio cada hora, satisfecho con la expiración, que no tienen conflictos en el sitio de trabajo, satisfecho con el reconocimiento de la profesión, que ejerce funciones de la gerencia y que elegirían la misma profesión otra vez. No tiene dudas que, siendo el trabajo vital para la vida de la gente, la satisfacción adentro lleva lo contribuye a través de modo que déjenos tengan una sociedad mejor.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/8024
Aparece nas colecções:GO - Gestão das Organizações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Sandra_Moura_MGO_2ano_UnidadesdeSaude.pdf4,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.