Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/8016
Título: Análise da oximetria de pulso noturna em medicina do sono
Autor: Cardoso, Sónia Catarina da Costa
Orientador: Fonseca, E.M.M.
Ortleb, Heidrun
Palavras-chave: SAOS
Oxigénio
Oximetria de Pulso Noturna
Medicina do Sono
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Citação: Cardoso, Sónia Catarina da Costa (2012) - Análise da oximetria de pulso noturna em medicina do sono. Bragança: Escola Superior de Tecnologia e Gestão. Dissertação de Mestrado em Tecnologia Biomédica
Resumo: Nos dias de hoje, e estando perante uma sociedade cada vez mais envelhecida e afetada pelo stress e outros fatores de risco tais como obesidade, são evidenciados com maior frequência casos de distúrbios ao nível do sono. Considera-se assim que cerca de dois terços da população apresenta problemas ao nível do sono durante algum momento da sua vida. A dessaturação de oxigénio (SpO2) obtida através de oximetria de pulso noturna é um parâmetro indispensável em medicina do sono, para o diagnóstico de perturbações na respiração durante o sono, principalmente no diagnóstico da Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS). Interpretações clínicas baseiam-se maioritariamente no índice de dessaturação de oxigénio (IDO). Neste trabalho foram estabelecidas várias alternativas e a sua aplicabilidade para o diagnóstico da SAOS, para uma amostra de 83 indivíduos. Os métodos estudados incluíram abordagens com base no tempo (Delta índex), análise não linear (Medida de Tendência Central, Entropia Aproximada), e métodos espectrais (Transformada de Welch, Transformada de Wavelet). Foram realizadas análises ao nível da sensibilidade, especificidade, coeficiente de correlação e o valor do Threshold (valor que distingue portadores de não portadores de SAOS). Neste trabalho é também apresentada uma análise epidemiológica que relaciona a SAOS e o excesso de peso. É ainda abordado o papel da reabilitação pulmonar nos distúrbios do sono, mais especificamente na SAOS. Nowadays, towards an aging society affected by stress and other risk factors such as obesity, it is possible to observe a higher frequency of cases of sleep disorders. It is considered that about two thirds of the population has trouble in sleeping at some point during their life. The oxygen desaturation (SpO2) obtained by nocturnal pulse oximetry is an essential parameter in sleep medicine for the diagnosis of breathing disorders during sleep, especially in the diagnosis of the Syndrome of Obstructive Sleep Apnea (OSAS). Clinical interpretations are based mainly on the oxygen desaturation index (ODI). This study set out various alternatives and their applicability for the diagnosis of SOSA, for a sample of 83 individuals. The methods studied included approaches based on time (Delta index), non-linear analysis (Measure of Central Tendency, Approximate Entropy), and spectral methods (Welch Transform, Wavelet Transform). For all these approaches were performed the study at the level of the sensitivity, specificity, correlation coefficient and Threshold value (that distinguishes Ill with or without OSAS). This work also presented an epidemiological analysis that relates OSAS and overweight. It is also addressed the role of pulmonary rehabilitation in sleep disorders, specifically in OSAS.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/8016
Aparece nas colecções:TB - Tecnologia Biomédica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Sónia_Cardoso_MTB_2012 (Português).pdf2,83 MBAdobe PDFVer/Abrir
Sónia_Cardoso_MTB_2012_(ENG).pdf2,79 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.