Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Saúde >
Teses de Mestrado >
ER - Enfermagem e Reabilitação >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/7680

Título: Avaliação dos ganhos em saúde utilizando o Índice de Barthel, nos doentes com AVC em fase aguda e após a alta, com intervenção de enfermagem de reabilitação
Autor: Ricardo, Rui Manuel Peredo
Orientador: Gomes, Maria José
Palavras-chave: AVC
Reabilitação e grau de dependência
Stroke
Rehabilitation and degree of dependence
Issue Date: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Saúde
Citação: Ricardo, Rui Manuel Peredo (2012) - Avaliação dos ganhos em saúde utilizando o Índice de Barthel, nos doentes com AVC em fase aguda e após a alta, com intervenção de enfermagem de reabilitação. Bragança: Escola Superior de Saúde. Dissertação de Mestrado em Enfermagem de Reabilitação
Resumo: Introdução: O Acidente Vascular Cerebral é uma das principais causas de morbilidade e mortalidade em todo o mundo e a causa mais importante de morbilidade e incapacidade a longo prazo na Europa. É também a segunda causa mais comum de demência, a mais frequente de epilepsia no idoso e uma causa frequente de depressão. É uma doença mais incapacitante do que mortal que requer a institucionalização do doente a longo prazo, diminuindo a sua qualidade, causando elevados encargos a nível social e económico. Método: O estudo que realizámos foi desenvolvido na Unidade de AVC da ULSNE cujo principal objectivo era verificar a evolução do grau de dependência dos doentes no internamento e após a alta (até à consulta de vasculares), utilizando o Índice de Barthel. O período de tempo objecto de estudo foi entre Janeiro de 2010 e Setembro de 2011. Resultados: O estudo envolveu 219 doentes, avaliados no internamento e na consulta. A média de idades verificada foi de 75 anos, com 54,8% de doentes do sexo masculino. O diagnóstico com maior relevância foi o TACI E (16,9%) e o LACI D (15,5%). Na admissão, 42% dos doentes são dependentes totais; na alta, este valor diminuiu para 16,4% e na consulta para 12,3%. No momento da admissão os autónomos eram 3,7%, valor que aumentou para 19,2% na alta e 31,5% na consulta. No nosso estudo, pudemos concluir que o aumento da idade influencia directamente o grau de dependência no momento da consulta. Verificámos de igual modo que existe evolução funcional nos doentes, no período de internamento e esta segue a mesma tendência desde a alta até à consulta.Introduction: Stroke is a major cause of morbidity and mortality worldwide. It is the most important cause of morbidity and long-term disability in Europe. It is also the second most common cause of dementia, the most frequent cause of epilepsy in the elderly and a frequent cause of depression. Stroke is a disease more disabling than fatal, requiring the institutionalization of the patient in the long run, diminishing quality of life and causing higher costs at social and economic levels. Method: This study was held in the stroke unit ULSNE with the aim of studying the dependence of patients during hospitalization and after discharge (until the vascular consultation), through the evaluation of the Barthel Index. The period of the study was from January 2010 and September 2011. Results: The study involved 219 patients evaluated in hospitalization and consultation. The average age was 75 years, with 54.8% of male patients. The diagnosis most relevant was TACI E (16.9%) and LACI D (15.5%). On admission 42% of the patients were totally dependent; on discharge this percentage decreased to 16.4% and in the consultation to 12.3%. On admission the autonomous were 3.7%, 19.2% at discharge and 31.5% in the consultation. In our study we concluded that increasing age directly influences the degree of dependence at consultation. We also found that there is some functional evolution in patients during the period of hospitalization and that this evolution continues after discharge until the consultation.
URI: http://hdl.handle.net/10198/7680
Appears in Collections:ER - Enfermagem e Reabilitação

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Avaliação dos ganhos em saúde utilizando o Índice de Barthel.pdf1,95 MBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE