Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Teses de Mestrado >
QSA - Qualidade e Segurança Alimentar >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/7644

Título: Contribuição para a inventariação química e nutricional de cogumelos do nordeste de Portugal
Autor: Pereira, Eliana Andreia Pires Castilho
Orientador: Ferreira, Isabel C.F.R.
Martins, Anabela
Issue Date: 2011
Editora: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior Agrária
Citação: Pereira, Eliana Andreia Pires Castilho (2011) - Contribuição para a inventariação química e nutricional de cogumelos do nordeste de Portugal. Bragança: Escola Superior Agrária. Dissertação de Mestrado em Qualidade e Segurança Alimentar
Resumo: Os cogumelos são muito apreciados quer como alimentos nutritivos e saborosos, quer como fonte de compostos com propriedades medicinais. Nessa perspectiva, o enorme “reservatório” de cogumelos do Nordeste de Portugal deve ser química e nutricionalmente caracterizado para o benefício das populações e para a conservação genética de macrofungos silvestres. Este trabalho contribui para a inventariação química, nutricional e bioactiva de espécies com potencial interesse (e ainda não caracterizadas na literatura) provenientes de diferentes habitats (Castanea sativa, Pinus sp., Quercus sp., prados e povoamentos mistos). O valor nutricional foi obtido após determinação da humidade, proteínas, lípidos, glúcidos e cinzas. A determinação de macronutrientes incluiu a análise de mono e oligossacáridos (açúcares) e ácidos gordos por cromatografia líquida de alta eficiência acoplada a detecção por índice de refracção (HPLC/RI) e por cromatografia gasosa acoplada a detecção por ionização de chama (GC/FID), respectivamente. A análise de micronutrientes incluiu a determinação de tocoferóis por HPLC-fluorescência, e ácido ascórbico e carotenóides por técnicas espectrofotométricas. Finalmente, a análise de não-nutrientes englobou a determinação de fenóis e flavonóides totais, que foram relacionados com as propriedades antioxidantes, avaliadas pela actividade captadora de radicais livres, poder redutor e inibição da peroxidação lipídica. As espécies de cogumelos estudadas revelaram uma proporção equilibrada de macronutrientes, mas também micronutrientes importantes (tocoferóis, ácido ascórbico e carotenóides) e não-nutrientes (fenóis) com propriedades bioactivas, nomeadamente potencial antioxidante. Sendo uma fonte importante de antioxidantes, as espécies estudadas, principalmente Suillus variegatus (proveniente de um habitat de Pinus sp.), Boletus armeniacus (proveniente de um habitat de Castanea sativa), Clavariadelphus pistillaris (proveniente de um habitat de Quercus sp.), Agaricus lutosus (proveniente de um prado) e Bovista aestivalis (proveniente de um povoamento misto), podem ser incorporadas na alimentação como nutracêuticos e/ou alimentos funcionais, contribuindo para a manutenção e promoção da saúde, longevidade e qualidade de vida. Mushrooms have long been valued as highly tasty/nutritional foods and as a source of compounds with medicinal properties. The huge mushrooms “reservoir” of Northeast Portugal must be chemically and nutritionally characterized for the benefit of populations and for the wild macrofungi genetic conservation. Herein, a chemical, nutritional and bioactive inventory of potentially interesting species (and not yet characterized in literature) from different habitats (Castanea sativa, Pinus sp., Quercus sp., fields and mixed stands) was performed. The nutritional value was obtained after determination of moisture, proteins, lipids, carbohydrates and ash. The determination of macronutrients included the analysis of mono and oligosaccharides (sugars) and fatty acid by high performance liquid chromatography coupled to refraction index detection (HPLC/RI) and by gas chromatography coupled to flame ionization detection (GC/FID), respectively. The analysis of micronutrients included the determination of tocopherols by HPLCfluorescence, and ascorbic acid and carotenoids by spectrophotometric techniques. The analysis of non-nutrients involved the determination of total phenols and flavonoids, which were further related to antioxidant properties, evaluated by free radical scavenging activity, reducing power and lipid peroxidation inhibition.1 Besides macronutrients with a well-balanced proportion, the studied wild mushrooms have also important micronutrients (tocopherols, ascorbic acid and carotenoids) and non-nutrients (phenolics) with bioactive properties such as antioxidant potential. Furthermore, being a source of important antioxidants the wild species, mainly Suillus variegatus (Pinus sp. habitat), Boletus armeniacus (Castanea sativa habitat), Clavariadelphus pistillaris (Quercus sp. habitat), Agaricus lutosus (fields) and Bovista aestivalis (mixed stands), can be used in diet as nutraceuticals and/or functional foods maintaining and promoting health, longevity and life quality.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/7644
Appears in Collections:QSA - Qualidade e Segurança Alimentar

Files in This Item:

File Description SizeFormat
tese VF.pdf1,07 MBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE