Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Teses de Mestrado >
EC - Ensino das Ciências >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/7643

Título: Perspectiva CTSA (ciência, tecnologia, sociedade e ambiente) no ensino das ciências: concepções e práticas de professores de ciências da natureza do 2.º ciclo do ensino básico
Autor: Parreira, Sofia Alexandra Nunes
Orientador: Pires, Delmina
Palavras-chave: Perspectiva CTSA
Literacia científica
Issue Date: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação
Citação: Parreira, Sofia Alexandra Nunes (2012) - Perspectiva CTSA (ciência, tecnologia, sociedade e ambiente) no ensino das ciências: concepções e práticas de professores de ciências da natureza do 2.º ciclo do ensino básico. Bragança: Escola Superior de Educação. Dissertação de Mestrado em Ensino das Ciências
Resumo: Numa sociedade cada vez mais marcada pelo desenvolvimento científico e tecnológico, a Educação Científica torna-se uma necessidade para todos, sugerindo a importância da Educação em Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente (CTSA). Este desenvolvimento científico-tecnológico exige cidadãos com uma educação em diversas áreas, aptos a demonstrar agilidade, capacidade de comunicação e de aprendizagem ao longo da vida. Neste sentido é cada vez mais importante contribuir para a formação de cidadãos livres, responsáveis e críticos para participarem activamente na vida em Sociedade, para que consigam acompanhar o tal desenvolvimento científico-tecnológico. Assim, do ponto de vista Educacional a perspectiva CTSA é considerada uma das linhas inovadoras e orientadoras do Ensino das Ciências, estando preconizada nos programas, manuais escolares e Orientações Curriculares, para alcançar os objectivos referidos, fazendo com que os alunos estejam motivados para o estudo das Ciências, uma vez que os envolve, directamente, no processo ensino/aprendizagem e porque parte de questões do quotidiano a que se procura dar resposta. Esta investigação pretendeu, recorrendo a um questionário como instrumento de recolha de dados, averiguar as concepções e práticas dos professores de Ciências da Natureza do 2º Ciclo do Ensino Básico, do Distrito de Bragança, em relação à perspectiva CTSA no Ensino das Ciências. As respostas dadas ao questionário foram analisadas, atendendo ao seu formato. Assim, para as respostas às questões de formato aberto foi efectuada uma análise de conteúdo e as respostas às questões de formato fechado foram analisadas recorrendo ao programa EXCEL. Os resultados obtidos permitiram concluir que a maioria dos professores inquiridos consideram a perspectiva CTSA importante, embora não justifiquem o porquê da sua importância, e consideram possuir um conhecimento razoável desta perspectiva de Ensino das Ciências, embora não reconheçam muitos dos objectivos pretendidos com este tipo de abordagem das Ciências. Os professores dizem, também, que a utilizam no Ensino das Ciências, mas não justificam a sua utilização. Parece haver alguma noção nos professores sobre a importância da perspectiva CTSA no Ensino das Ciências, porque é referida nos Manuais Escolares e nas Orientações Curriculares, mas depois verifica-se desconhecimento das suas vantagens na aprendizagem e no desenvolvimento dos alunos, bem como da forma como pode ser implementada na sala de aula. Segundo os professores inquiridos, existem alguns constrangimentos à implementação da perspectiva CTSA no Ensino das Ciências, destacando como o maior obstáculo a falta de tempo disponível para planificar e implementar novas perspectivas de ensino e a falta de formação sobre esta perspectiva. Referem, também a falta de recursos didácticos para integrar a perspectiva CTSA no Ensino das Ciências. In a Society increasingly marked by the scientific and technological development, the scientific education becomes a need for everyone, suggesting the importance of Science, Technology, Society and Environmental (STSE). This cientific and technological development demands citizens with an education in several areas, able to demonstrate flexibility, communication and learning abilities throughout life. In this way is more important to contribute to formation of free citizens, responsible and critic to actively participate in life in society, to keep pace in the scientific and technological development. Thus, from an educational point of view the STSE perspective is considered one of innovative and guided lines of the science teaching, being inserted in the scholar manuals and curricular guides to achieve the referred objectives, making students motivated to science studies, since it involves them, directly, in the teaching/learning process and because it starts of the everyday issues that need answer. This research intended, using a questionnaire as a tool of data collection, to evaluate the conceptions and practices of teachers of Nature Science from the 2nd Cycle of Basic Teaching, from Bragança's district, related to STSE perspective. The answers to the questionnaire were analyzed given its format. Thus, the answers to the open format questions were examined the content and the answers to the closed format questions were analyzed using the EXECL program. The results showed that most of the inquired teachers consider important the STSE perspective, though not justify why, and consider a reasonable knowledge of this science teaching perspective, although not recognize many of the intended objectives with this type of science approach. The teachers said that they use it but don't justify it use. There seems to be some sense in teachers about the importance of the STSE perspective in the science teaching, because scholar manuals and curricular guidance refers to it, but then there is lack of knowledge of the advantages in the student learning and development, as well as how can it be implemented in the classroom. According to inquired teachers, there are some constraints to the implementation of the STSE perspective in the science teaching, emerging as the biggest hurdle the lack of time to plan and implement new teaching perspectives and the lack of training about this perspective. They also refer the lack of didactical resources to integrate the STSE prespective in the science teaching.
Descrição: Orientado por Delmina Maria Pires
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/7643
Appears in Collections:EC - Ensino das Ciências

Files in This Item:

File Description SizeFormat
tese_final_.pdf5,27 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE