Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Comunicação, Administração e Turismo >
Artes e Humanidades >
AH - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/7468

Título: João Canijo e a tragédia grega: adaptação da trilogia “Oresteia” ao cinema português contemporâneo
Autor: Ribas, Daniel
Palavras-chave: Tragédia grega
João Canijo
Violência
Oresteia
Issue Date: 2009
Citação: Ribas, Daniel (2009) - João Canijo e a tragédia grega: adaptação da trilogia “Oresteia” ao cinema português contemporâneo. Drama: Revista de Cinema e Teatro. 1, p. 26-29
Relatório da Série N.º: 1;
Resumo: PNas entrevistas que se sucederam à estreia nacional de “Noite Escura”, em 2004, João Canijo usou uma expressão recorrente: disse que pretendia “afogar a tragédia”. A isso, ele acrescentou: “Quis tornar a tragédia absolutamente indiferente no meio das vidas de uma casa de alterne. Onde é que hoje a tragédia e os sentimentos da tragédia podem ser tão indiferentes se não num mundo de mentira, de representação permanente que é o mundo do alterne?”. Canijo, claro, sabia do que falava. Para ele, a tragédia grega serve como texto base já desde “Filha da Mãe”, de 1990, e foi objectivo principal dos seus filmes desde “Ganhar a Vida”. A partir de “Noite Escura”, o realizador procurava um objectivo antigo: adaptar a trilogia da “Oresteia”, com a ideia final de, no último dos três filmes, trabalhar sobre a “Electra”. Contudo, esta trilogia acabaria por nunca ficar completa: para além de “Noite Escura”, de 2004, e “Mal Nascida”, de 2007, existe também o argumento “Piedade”, que deveria ser o filme do “meio”, mas que nunca foi produzido. Tentemos, por isso, organizar as ideias, porque o mundo da tragédia grega é bastante complexo. Na verdade, a trilogia da “Oresteia” só está completa na versão de Ésquilo, o primeiro dos três grandes poetas trágicos.
Arbitragem científica: no
URI: http://hdl.handle.net/10198/7468
Versão do Editor: http://drama.argumentistas.org/pdfs/revista_DRAMA_n1_set09.pdf
Appears in Collections:AH - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
João Canijo e a Tragédia Grega.pdf107,01 kBAdobe PDFView/Open
revista_DRAMA_n1_set09.pdf1,57 MBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia