Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/7272
Title: Avaliação da relação entre o estado nutricional e a alimentação em utentes internados em ULDM
Authors: Cunha, Daisy
Nunes, Ana
Pais, Diana
Fernandes, António
Ferro-Lebres, Vera
Keywords: Estado nutricional
Alimentação
Doentes
Unidades de Internamento de Longa Duração
Issue Date: 2012
Publisher: Associação Portuguesas de Nutrição Entérica e Parentérica
Citation: Cunha, Daisy; Nunes, Ana; Pais, Diana; Fernandes, António; Ferro Lebres, Vera (2012) - Avaliação da relação entre o estado nutricional e a alimentação em utentes internados em ULDM. Revista APNEP. ISSN 1646-7183. 6:1, p. 79
Abstract: Os idosos constituem um grupo de risco de desnutrição, devido às mudanças consequentes do processo de envelhecimento. Instituições para internamento de longa duração (ULDM) são unidades que prestam apoio social e cuidados de saúde a indivíduos com doenças crónicas, com diferentes níveis de dependência. A alta incidência de desnutrição nos pacientes internados nas ULDM tem-se verificado devido à dificuldade que existe na determinação do estado nutricional. Objetivos: Verificar a relação entre o score do Mini Nutritional Assessment e a textura da dieta e o uso de suplementação nutricional. Material e Métodos: Foi realizado um estudo observacional analítico e transversal. A amostra deste estudo é constituída por 265 indivíduos internados em ULDM. No período de fevereiro a abril foram recolhidos os dados através de dois questionários, o Mini Nutritional Assessement da Nestlé Nutrition Institute e um segundo questionário, elaborado pelos autores. O segundo era destinado a avaliar parâmetros relativos à alimentação fornecida ao utente, bem como o tempo de internamento. Procedeu-se à análise estatística para verificar se existe relação entre as variáveis, recorrendo-se aos testes de Spearman, Kruskal-Wallis, Qui-Quadrado e Mann-Whitney-Wilcoxon, através do Programa SPSS, versão 19. Resultados e Discussão: Dos 265 indivíduos (55,5% mulheres) verificou-se uma média de idade de 75,5 +/- 14,16 anos. Houve relação entre o score do MNA e a textura da dieta (p <0,05). Indivíduos com dieta sólida apresentaram um estado nutricional mais adequado. O Score do MNA também estava relacionado com o uso de suplementos nutricionais (p <0,05). Indivíduos que não usavam suplementos nutricionais possuíam um estado nutricional mais adequado. Conclusão: A alimentação fornecida, inclusive o uso de suplementos nutricionais, nas ULDM é um fator importante para a manutenção de um bom estado nutricional. Este estudo enfatiza a importância da presença de Dietistas em ULDM para uma adequada avaliação e suporte nutricionais.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/7272
ISSN: 1646-7183
Appears in Collections:CSE - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
REVISTA.pdf1,07 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.