Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Departamento de Psicologia >
DPS - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/7257

Título: Dificuldades de aprendizagem específicas centradas na leitura: a monitorização com base no currículo no contexto do modelo de atendimento à diversidade, como forma de identificar alunos em risco
Autor: Vaz, Paula Marisa Fortunato
Martins, Ana Paula Loução
Palavras-chave: Modelo de atendimento à diversidade
Monitorização com base no currículo
Leitura
Dificuldades de aprendizagem Específicas
Issue Date: 2011
Editora: Revista Galego-Portuguesa Portuguesa de Psicoloxía e Educación; Universidad de Coruña, Universidade do Minho
Citação: Vaz, Paula Marisa Fortunato; Martins, Ana Paula Loução (2011) - Dificuldades de aprendizagem específicas centradas na leitura: a monitorização com base no currículo no contexto do modelo de atendimento à diversidade, como forma de identificar alunos em risco. In Libro de Actas do XI Congreso International Galego-Portugués de PsicopedagoxíaLibro. Coruña, p. 4787-4795.
Resumo: Esta comunicação tem por finalidade apresentar resultados de um estudo a decorrer no ano lectivo 2010/2011 num Agrupamento de Escolas, em Portugal. Considerando que cerca de 80% dos alunos com dificuldades de aprendizagem específicas (DAE) não progride adequadamente na leitura (Shaywitz, 2008), pretende-se conhecer o nível de leitura dos alunos do 3º ano, identificar alunos em risco de desenvolverem DAE na leitura e conhecer também o seu nível de leitura. Desenvolveu-se uma prova de monitorização com base no currículo, para avaliar a compreensão da leitura, que se administrou a 82 alunos de seis turmas. Em 33 respostas correctas possíveis a média obtida foi de 9,44 (DP= 4,03), sendo o valor um o mínimo obtido e o 22 o máximo. Para cada turma calcularam-se as medidas estatísticas de tendência central e identificaram-se os alunos em risco (aqueles que obtiveram valores iguais ou abaixo do percentil 20, segundo Busch & Lembke, 2005). Os 16 alunos em risco obtiveram uma média na prova de 4,31 (DP= 2,02, mínimo=1, máximo=7). No contexto do Modelo de Atendimento à Diversidade (Correia, 1997), estes alunos devem passar a usufruir de intervenções de nível II. Sugerem-se, posteriormente, algumas recomendações que permitem construir pontes para investigações futuras.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/7257
ISSN: 1138-1663
Appears in Collections:DPS - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
XI_Congreso_Internacional.pdf4,63 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
XI_Congreso_RAD.pdf4,52 MBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia