Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Comunicação, Administração e Turismo >
Artes e Humanidades >
AH - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/7156

Título: Paisagem e memória: um diálogo pluridisciplinar
Autor: Vieira, Alexandra
Palavras-chave: Paisagem
Memória
Issue Date: 2010
Citação: Vieira, Alexandra (2010) - Paisagem e memória: um diálogo pluridisciplinar. In 8.º Encontro de Arqueologia do Algarve. A Arqueologia e as Outras Ciências. Silves
Resumo: Os primeiros estudos sobre a Paisagem estavam muito focados na observação e a interpretação da fisionomia da paisagem, definida como "um espaço geográfico que se abrange com o olhar". Estas ideias foram dando lugar a novas interpretações e hoje em dia podemos conceber a paisagem como um "lugar de memória ou memórias". Atendendo a que a paisagem fornece um recurso vital de dispositivos mnemónicos que estruturam as memórias locais, costumes e práticas, é hoje entendida como um arquivo de conhecimentos que pode ser transmitido continuamente às gerações seguintes. No trabalho que temos vindo a desenvolver, procuramos perceber o contributo das várias ciências para o estudo da Paisagem segundo um enfoque arqueológico. Compreendemos que o estudo da Paisagem em Arqueologia implica um trabalho multidisciplinar, fundamental para a sua interpretação. Tendo como pilar as evidências arqueológicas, procuramos nas outras ciências instrumentos que nos ajudem a ter uma visão multifacetada da Paisagem ou das Paisagens. Começamos por conjugar Arqueologia e Geografia, mas quando procurámos estudar a Paisagem enquanto realidade construída no interior de um processo de interacção entre o meio físico e as comunidades humanas, apercebemo-nos que não nos podemos centrar apenas no Espaço e que a Arqueologia da Paisagem implica a dialéctica entre Espacialidade{Temporalidade. No decorrer da nossa pesquisa sobre a Pré-História Recente na Bacia Hidrográfica do Douro tomamos consciência da importância da Antropologia e da Etnografia, que nos ajudam a compreender a construção de Paisagens pelas diferentes comunidades ao longo dos tempos. Para fazer o que nos propomos, ou seja, o estudo das Paisagens enquanto Lugares de Memória, torna-se fundamental o estudo da toponímia, das narrativas orais, das lendas, dos mitos, da tradição oral, entre outros. Procuraremos assim estudar a relação entre Paisagem e Memória numa perspectiva pluridisciplinar.
Arbitragem científica: no
URI: http://hdl.handle.net/10198/7156
Appears in Collections:AH - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
resumo poster silves 2010.pdf676,28 kBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE