Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Comunicação, Administração e Turismo >
Artes e Humanidades >
AH - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/7156

Título: Paisagem e memória: um diálogo pluridisciplinar
Autor: Vieira, Alexandra
Palavras-chave: Paisagem
Memória
Issue Date: 2010
Citação: Vieira, Alexandra (2010) - Paisagem e memória: um diálogo pluridisciplinar. In 8.º Encontro de Arqueologia do Algarve. A Arqueologia e as Outras Ciências. Silves
Resumo: Os primeiros estudos sobre a Paisagem estavam muito focados na observação e a interpretação da fisionomia da paisagem, definida como "um espaço geográfico que se abrange com o olhar". Estas ideias foram dando lugar a novas interpretações e hoje em dia podemos conceber a paisagem como um "lugar de memória ou memórias". Atendendo a que a paisagem fornece um recurso vital de dispositivos mnemónicos que estruturam as memórias locais, costumes e práticas, é hoje entendida como um arquivo de conhecimentos que pode ser transmitido continuamente às gerações seguintes. No trabalho que temos vindo a desenvolver, procuramos perceber o contributo das várias ciências para o estudo da Paisagem segundo um enfoque arqueológico. Compreendemos que o estudo da Paisagem em Arqueologia implica um trabalho multidisciplinar, fundamental para a sua interpretação. Tendo como pilar as evidências arqueológicas, procuramos nas outras ciências instrumentos que nos ajudem a ter uma visão multifacetada da Paisagem ou das Paisagens. Começamos por conjugar Arqueologia e Geografia, mas quando procurámos estudar a Paisagem enquanto realidade construída no interior de um processo de interacção entre o meio físico e as comunidades humanas, apercebemo-nos que não nos podemos centrar apenas no Espaço e que a Arqueologia da Paisagem implica a dialéctica entre Espacialidade{Temporalidade. No decorrer da nossa pesquisa sobre a Pré-História Recente na Bacia Hidrográfica do Douro tomamos consciência da importância da Antropologia e da Etnografia, que nos ajudam a compreender a construção de Paisagens pelas diferentes comunidades ao longo dos tempos. Para fazer o que nos propomos, ou seja, o estudo das Paisagens enquanto Lugares de Memória, torna-se fundamental o estudo da toponímia, das narrativas orais, das lendas, dos mitos, da tradição oral, entre outros. Procuraremos assim estudar a relação entre Paisagem e Memória numa perspectiva pluridisciplinar.
Arbitragem científica: no
URI: http://hdl.handle.net/10198/7156
Appears in Collections:AH - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
resumo poster silves 2010.pdf676,28 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia