Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Departamento de Ciências do Desporto e Educação Física >
DCDEF - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/6961

Título: Validação de equações preditivas da área de secção transversa do tronco
Autor: Morais, J.E.
Costa, M.J.
Mejias, J.E.
Marinho, D.A.
Silva, A.J.
Barbosa, Tiago M.
Palavras-chave: Atleta
Estudos de validação
Natação
Superfície corporal
Issue Date: 2011
Editora: Universidade Federal de Santa Catarina
Citação: Morais, J.E.; Costa, M.J.; Meijas, J.E.; Marinho, D.A.; Silva, A.J.; Barbosa, Tiago M. (2011) - Validação de equações preditivas da área de secção transversa do tronco. Revista Brasileira de Cinenatropometria e Desempenho Humano. ISSN 1980-0037. 13:6, p. 461-467
Resumo: O objectivo do estudo foi desenvolver e validar equações preditivas da área de secção transversa do tronco humano, Os modelos foram desenvolvidos para o sexo masculino e de acordo com o nível competitivo, A amostra foi composta por 152 sujeitos, todos praticantes de Natação Pura desportiva, com idades entre os 10 e os 32 anos de idade. Para o desenvolvimento dos modelos foi utilizado um grupo de sujeitos para estimar a equação e um outro para validar. Foram avaliadas as seguintes características antropométricas: (i) massa corporal; (ii) estatura; (iii) diâmetro bi-acromial; (iv) diâmetro tóraco-sagital; (v) perímetro peitoral e (vi) área de secção transversal do tronco. Os modelos preditivos foram desenvolvidos através de análise de regressão linear múltipla passo-a-passo e num dos casos, com recurso ao nível competitivo enquanto variável dummy. Todos os modelos desenvolvidos incluíram como variáveis independentes o diâmetro tóraco-sagital e o perímetro peitoral (0,32 ≤ R2 ≤ 0,48; P < 0,01). No processo de validação entre as áreas de secção transversal do tronco medida e estimada, não se verificaram diferenças significativas entre valores médios (P > 0,05), as regressões lineares simples foram moderadas (0,23 ≤ R2 ≤ 0,39; 0,01 ≤ P ≤ 0,001) e o critério de Bland Altman foi em todos os casos cumprido. Pode concluir-se que os modelos desenvolvidos para nadadores masculinos, e de acordo com o nível competitivo, predizem com validade a área de secção transversa do tronco de nadadores.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/6961
ISSN: 1980-0037
Appears in Collections:DCDEF - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
RBCDH.pdf300,84 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE