Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/6691
Título: Estudos filogenéticos da espécie ovina
Autor: Teixeira, A.
Data: 1993
Editora: Escola Secundária Camilo Castelo Branco
Citação: Teixeira, A. (1993) - Estudos filogenéticos da espécie ovina. Boletim Cultural: Escola Secundária Camilo Castelo Branco. ISSN 0871-7761. 5, p. 5-11
Resumo: O uso de marcadores genéticos, no sentido de conhecer as frequências genéticas em "loci" polimórficos, para estabelecer a estrutura genética das populações ovinas, conheceu nos últimos anos grandes avanços. Assim, a informação obtida através das frequências genéticas de polimorfismos bioquímicos, como as albuminas, transferrinas, hemoglobinas e potássio eritrocitário tem sido utilizada como marcadores genéticos, sendo uma via diferente da usada neste trabalho para a definição e classificação etnológica de raças ovinas. Estas técnicas, de reconhecida importância taxonómica, apresentam a vantagem. com relação à morfometria, de serem capazes de distinguir espécies que possam ser morfológica e até morfometricamente próximas. No entanto o uso da imunogenética para a classificação filogenética de elementos ou de grupos dentro de uma mesma espécie, implica o recurso a uma enorme quantidade de dados, correndo-se o risco de incompatibilidade ao serem usadas metodologias estatísticas no domínio da taxomania numérica. situação que a morfometria resolve, dados que os métodos de taxonomia numérica dão especial importância a diferenças morfológicas no interior da mesma espécie.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10198/6691
ISSN: 0871-7761
Aparece nas colecções:CA - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Boletim Cultural ESCCB 1993.pdf1,54 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.