Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Produção e Tecnologia Vegetal >
PTV - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/6380

Título: Introdução de cobertos de leguminosas anuais em olival
Autor: Arrobas, Margarida
Ferreira, I.Q.
Claro, Ana Marília
Correia, C.M.
Moutinho-Pereira, J.M.
Rodrigues, M.A.
Palavras-chave: Cobertos vegetais
Leguminosas anuais
Olival de sequeiro
Issue Date: 2011
Editora: Grupo IFE
Citação: Arrobas, M.; Ferreira, I.Q.; Claro, M.; Correia, C.M.; Moutinho-Pereira, J.M.; Rodrigues, M.A. (2011) - Introdução de cobertos de leguminosas anuais em olival. Vida Rural. 1771, p. 32-34
Resumo: Em olivais regados, intensivos, superintensivos ou tradicionais em que tenha sido introduzida a rega, bem como em pomares de outras fruteiras regadas ou cultivadas em regiões sem ou com reduzido défice hídrico estival, a manutenção do solo com cobertos vegetais não é, hoje em dia, um tópico tecnicamente muito relevante. Nos contextos agronómicos referidos podemos e devemos ser tolerantes com a vegetação herbácea. O desenvolvimento vegetativo dos cobertos, sejam naturais ou semeados, é controlado com destroçadores da vegetação. Exceptua-se a linha de rega onde habitualmente se aplicam herbicidas com um componente de acção residual, devendo aquela ser a mais estreita possível.
URI: http://hdl.handle.net/10198/6380
Appears in Collections:PTV - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Introdução de cobertos Vida Rural 2011.pdf1,87 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE