Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Produção e Tecnologia Vegetal >
PTV - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/6016

Título: Produção de antissoros policlonais para detecção de predadores das principais pragas da oliveira
Autor: Rodrigues, C.
Santos, Sónia A.P.
Pereira, J.A.
Rei, F.
Cortez, I.
Torres, L.
Pereira, A.-M.
Palavras-chave: Protecção de plantas
Prays oleae
Bactrocera oleae
Saissetia oleae
Antissoro policlonal
ELISA
Issue Date: 2003
Editora: Escola Superior Agrária de Castelo Branco
Citação: Rodrigues, C.; Santos, S.; Pereira, J.A.; Rei, F.; Cortez, I.; Torres, L.; Pereira, A-M. (2003) Produção de antissoros policlonais para detecção de predadores das principais pragas da oliveira. In Actas do VI Encontro Nacional de Protecção Integrada. Castelo Branco. p. 53-59
Resumo: A oliveira está bem adaptada às áreas mediterrâneas mas por vezes é sujeita à acção de inimigos, nomeadamente a traça da oliveira, Prays oleae (Bern.), a mosca da azeitona, Bactrocera oleae (Gmel.) e a cochonilha negra, Saissetia oleae (Oliv.). No entanto, as populações destes inimigos podem ser mantidas abaixo do nível económico de ataque por factores abióticos e bióticos. Entre estes incluem-se espécies predadoras e parasitóides que contribuem para a estabilidade da biocenose. A valorização dos auxiliares artrópodos é, assim, factor preponderante na protecção contra pragas da oliveira, nomeadamente em modo de produção biológico. A utilização de técnicas serológicas, particularmente ELISA (enzyme linked immunosorbent assay), para avaliação da predação em artrópodos, já é bastante utilizada. Para futuramente se avaliar o papel dos predadores em olivais conduzidos de acordo com o modo de produção biológico, em Trás-os-Montes e no Alentejo, produziram-se antissoros policlonais para monitorizar as três pragas nos seus principais predadores. Este trabalho refere a preparação dos antigénios, o protocolo de imunização dos coelhos, a colheita dos antissoros e sua caracterização preliminar por ELISA.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/6016
Appears in Collections:PTV - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
PAC - 12.pdf424,25 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia