Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/5809
Título: Mastites subclínicas em cabras Serranas. Resultados preliminares
Outros títulos: Subclinical mastitis in Serrana goats. Preliminary results
Autor: Mendonça, Álvaro
Valentim, Ramiro
Maurício, Raimundo
Cardoso, Manuel
Correia, Teresa Montenegro
Coelho, Alípio
Data: 2008
Editora: Sociedade Portuguesa de Ciências Veterinárias
Citação: Mendonça, Álvaro; Valentim, Ramiro; Maurício, Raimundo; Cardoso, Manuel; Correia, Teresa Montenegro; Coelho, Alípio (2008) - Mastites subclínicas em cabras Serranas. Resultados preliminares (subclinical mastitis in Serrana goats. Preliminary results. Revista Portuguesa de Ciências Veterinárias. ISSN 0035-0389. 102:561-562, p. 175-180
Resumo: As mastites subclínicas (MSC) em cabras leiteiras constituem um problema subavaliado em Portugal, embora numerosa bibliografia internacional faça prever a sua importância no nosso País. Neste trabalho seguiu-se um rebanho de 34 cabras Serranas ao longo de toda uma campanha, recolhendo-se um total de 1295 amostras de leite a partir de metades mamárias. Estas amostras foram sujeitas a contagem de células somáticas (CCS), pelo método fluoro-opto-electrónico (Foss Electric, Dinamarca), tendo sido realizadas, pelo menos, quinze colheitas por animal ao longo de toda a lactação. A análise de resultados recorreu ao método preconizado por de Crémoux et al. (1996), mais tarde actualizado por de Crémoux (2000), por não haver trabalhos realizados em raças portuguesas. Os resultados apontaram para 41,2% de animais não infectados, 17,7% de animais infectados com patogénicos menores (pm) e 41,1% de animais infectados com patogénicos maiores (pM), num total de 58,8% de animais ostentando uma presumível mastite subclínica. Conclui-se como sendo urgente o estudo das principais raças caprinas e ovinas leiteiras nacionais, com o objectivo de estabelecer valores de células somáticas susceptíveis de serem utilizados como limiar de diagnóstico de mastites subclínicas, quer em animais individuais quer em leite de tanque.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/5809
ISSN: 0035-0389
Aparece nas colecções:CIMO - Artigos em Proceedings Não Indexados à WoS/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Mamites SPCV (2008).pdf397,12 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.