Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/5490
Title: O Eryngium viviparum Gay afinal não está extinto em Portugal
Authors: Aguiar, Carlos
Keywords: Flora de Portugal
Apiaceae
Issue Date: 2003
Publisher: Unidade de Silvicultura e Produtos Florestais
Citation: Aguiar, C.; (2003) - O Eryngium viviparum Gay afinal não está extinto em Portugal. Silva Lusitana. ISSN 0870-6352. 11:2, p. 231-232
Abstract: Nos herbários portugueses de Coimbra (COI), Lisboa (LISU) e do Porto (PO) estão depositados três conjuntos de exemplares de E. viviparum provenientes de três localidades dos arredores do Porto, todos eles datados da década de oitenta do século passado (L.S. CARVALHO & P.I. ARRIEGAS, Fontqueria 39: 303, 1994). Estes autores prospectaram, sem resultados, os arredores do Porto e admitem que expansão urbana do grande Porto tenha extinguido territorialmente o E. viviparum (L.S. CARVALHO & P.I. ARRIEGAS, inf. Pessoal). Recentemente, descobrimos uma pequena população de E. viviparum na Serra de Nogueira que se torna, assim, na única conhecida em todo o território português. A sua presença no NE de Portugal não surpreende porque estão referenciadas várias populações deste táxone nas vizinhas províncias espanholas de Orense e Zamora, sendo a mais próxima proveniente do Lago de Sanábria (cf. F. DOMÍNGUEZ LOZANO, Fontqueria 39: 303, 1994)
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/5490
ISSN: 0870-6352
Appears in Collections:BB - Artigos em Revistas Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2003 Eryngium viviparum.pdf150,4 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.