Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Saúde >
Departamento de Tecnologias de Diagnóstico Terapêutica >
DTDT - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/540

Título: Utilização de unidades de concentrado eritrocitário com sacos satélite na redução de exposição a dadores em recém-nascidos e lactentes politransfundidos intensivamente
Autor: Costa, Elísio
Branca, Rosa
Antunes, Marika Bini
Isvarlal, Pratima
Maia, Salomé
Morais, Marilia
Barbot, José
Palavras-chave: Transfusão
Recém-nascidos
Concentrado eritrocitário
Redução
Exposição a dadores
Issue Date: 2003
Editora: Academia Brasileira de Odontologia
Citação: Revista ACBO. ISSN 1517-7335. 13 (2003) 15-22. http://www.acbo.org.br/revista/
Resumo: Uma das estratégias para reduzir a exposição a sangue homólogo em recém-nascidos e lactentes submetidos a um número elevado de transfusões, consiste na subdivisão de unidades de concentrado eritrocitário em unidades pediátricas. O presente trabalho teve por objectivo avaliar a eficácia desta estratégia. PLANO DE ESTUDO: Efectuou-se um levantamento retrospectivo de 6 anos de utilização de unidades de concentrado eritrocitário com sacos satélite na redução da exposição a dadores em recém-nascidos e lactentes internados na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital Maria Pia. RESULTADOS:Durante 6 anos transfundiram-se 339 doentes, dos quais 202 efectuaram mais que uma transfusão. Estes doentes politransfundidos foram sujeitos em média a 5,25 transfusões e expostos a 2,46 dadores. A redução global de exposição a dadores conseguida foi de 53,2%. No entanto, se a metodologia tivesse sido rentabilizada ao máximo, este valor teria sido de 63,0%. CONCLUSÕES:Esta metodologia revelou-se eficaz relativamente ao seu principal oblectivo, a redução da exposição a dadores em recém-nascidos e lactentes politransfundidos intensivamente.
The aim of this study was to evaluate the efficacy of using packed red blood cell packs with satellite bags to reduce exposure of newborns and infants to multiple donors. STUDY DESIGN: A six-year retrospective study was made of this transfusion modality in the intensive Care Unit of Hospital Maria Pia. RESULTS: During this period of time, 339 patients were submitted to packed red blood cell trans fusion. 202 of them needed multiple trans fusions and were submitted to an average of 5,25 trans fusions and exposed to an average of 2,46 donors. The total donor exposure reduction was 53,2%. However, if this approach had been achieved to its maximum, this donor exposure reduction should have been of 63,0%. CONCLUSIONS: This methodology was effective insofar as its main objective was concerned, that is to say, the donor exposure reduction in heavily trans fused newborns and infants.
URI: http://hdl.handle.net/10198/540
ISSN: 1517-7335
Appears in Collections:DTDT - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
unidades satelite.pdf1,1 MBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE