Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Departamento de Português >
DPO - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/5047

Título: "Escrever-se" e/ou "outrar-se": escrita e revelação em Páginas do Diário Íntimo de José Régio
Autor: Teixeira, Carlos
Palavras-chave: Escrita
Revelação
Diário
José Régio
Issue Date: 2008
Editora: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Citação: Teixeira, Carlos (2008) - "Escrever-se" e/ou "outrar-se": escrita e revelação em Páginas do Diário Íntimo de José Régio. Vila Real: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Resumo: Este estudo começa por enquadrar José Régio no período epocal em que viveu. Duas razões de fundo sustentam a importância deste enquadramento: primeira, a relevância dos acontecimentos ocorridos na Europa, e em Portugal (de um modo particular), na primeira metade do século XX; segunda, a forte personalidade de Régio fez dele uma referência incontornável, quer para os seus coevos, quer para as gerações mais novas, nomeadamente porque foi ele o primeiro a reconhecer e a dar a conhecer (nas páginas da Presença) a revolução literária produzida pela geração de Orpheu e porque foi a presença viva e actuante do segundo Modernismo em Portugal. Segue-se uma reflexão sobre o diário, equacionando a problemática da sua inclusão nos estudos literários e realçando o facto de, em termos modais, ser um texto intrinsecamente híbrido. A escrita do diário, embora prisioneira do tempo, é uma escrita livre, oferecendo-se ao sujeito que, por meio dela, se vai registando. Mas permanece em aberto a possibilidade da revelação do eu acontecer de forma mais autêntica neste tipo de escrita ou na escrita ficcional (mormente para Régio que foi um diarista errático e pouco dado a confissões directas). A difícil relação entre escrita e revelação, entre a urgência de se dizer, de se revelar e a necessidade de se fechar com os seus segredos e mistérios (seguindo o modelo de Cristo), conduz-nos a uma síntese (im)possível, explicitada na trilogia: Loucura, Silêncio e Morte.
URI: http://hdl.handle.net/10198/5047
Appears in Collections:DPO - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Escrever-se e outrar-se - escrita e revelação em Páginas do Diário Íntimo de José Régio.pdf2,42 MBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia