Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Departamento de Ciências do Desporto e Educação Física >
DCDEF - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/4988

Título: Posicionamento das modalidades desportivas federadas: andebol, basquetebol, hóquei em patins e voleibol
Autor: Gonçalves, Celina Raquel Nunes
Orientador: Correia, Abel
Palavras-chave: Posicionamento
Hóquei em patins
Marketing
Andebol
Voleibol
Basquetebol
Issue Date: 2005
Editora: Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Motricidade Humana
Citação: Gonçalves, Celina Raquel Nunes (2005) - Posicionamento das modalidades desportivas federadas: andebol, basquetebol, hóquei em patins e voleibol. Lisboa: Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Motricidade Humana
Resumo: Perante o aumento da oferta desportiva, as federações desportivas precisam de compreender os praticantes face às diversas possibilidades de prática e de posicionar as suas modalidades perante a concorrência. Neste contexto, o objectivo do estudo é o posicionamento das modalidades desportivas. De acordo com Lindon et al. (2002), pretende-se identificar e analisar os traços distintivos da imagem das modalidades desportivas que permitem ao praticante situá-la face às outras. Construiu-se um modelo de análise formado por cinco dimensões (recursos, acessibilidade, atributos da modalidade, imagem e motivações pessoais) num total de cinquenta atributos. Os dados foram recolhidos por questionário composto por perguntas fechadas e abertas. O tratamento das respostas às perguntas abertas do questionário realizou-se através da análise de conteúdo temática de tipo “lógico-semântico”, como é proposto por Bardin (1977), com categorização a ser feita pela combinação do processo a priori e posteriori através de indução analítica (Vala, 1990). Na estatística descritiva utilizaram-se parâmetros de tendência central e dispersão e na estatística inferencial utilizou-se a análise discriminante para a identificação de conglomerados de atributos nos quais as modalidades se diferenciam e a análise factorial em componentes principais para sumariar as principais dimensões por modalidade (Aaker, Kumar, & Day, 2001). A amostra é constituída por dirigentes e técnicos desportivos de federações portuguesas: andebol; basquetebol; hóquei em patins e voleibol, num total de 47 indivíduos. As modalidades não apresentam diferenciações muito significativas, contudo no geral das modalidades a análise inferencial mostrou dois factores que mais as distinguem. Um dos factores inclui os êxitos internacionais e a capacidade de organizar eventos (dimensão imagem) e um outro factor diferenciador é o elevado grau de especialização de cada modalidade (dimensão atributos da modalidade) e a tradição na cultura do País (dimensão imagem). O andebol aparece como uma modalidade em que o seu ponto máximo são os êxitos internacionais e a relação qualidade/custo da dimensão imagem e o prazer na prática da dimensão motivações pessoais. O basquetebol apresenta valores representativos no geral das dimensões com a excepção da acessibilidade. Contudo, é nos itens Influência dos amigos, auto-estima e possibilidade de pertencer ao grupo da dimensão motivações pessoais que se encontra o seu posicionamento. O hóquei em patins posiciona-se nos atributos de êxitos internacionais, tradição na cultura do País e notoriedade da dimensão imagem, esta modalidade diferencia-se ainda na dimensão acessibilidade, pois é a modalidade mais dispendiosa em apetrechamento. O voleibol, tal como o basquetebol, apresenta valores representativos no geral das dimensões embora tenha a sua distinção marcada pela competitividade e inovação, da dimensão atributos da modalidade, nos recursos humanos com simpatia, apetrechamento próprio e dirigentes com formação adequada da dimensão recursos e ainda na capacidade de organização de eventos da dimensão imagem. Conclusões: Em Portugal o andebol, o basquetebol, o hóquei em patins e o voleibol diferenciam-se em poucos atributos, segundo a amostra, estes atributos pertencem às dimensões relevantes na diferenciação: motivações pessoais (auto-estima e o prazer na prática); imagem (a capacidade de organização de grandes eventos). Saliente-se o hóquei em patins que se apresenta como uma modalidade colectiva distinta porque é tradição na cultura do País e é a modalidade mais cara na aquisição de material para a prática. Perante estes resultados cabe às federações reposicionarem as suas modalidades para diferenciarem claramente os seus produtos e terem reais vantagens competitivas.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/4988
Appears in Collections:DCDEF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese de Mestrado Versão final protegida.pdf844,49 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia