Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Departamento de Línguas Estrangeiras >
DLE - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/4528

Título: Dar palavra à ciência: diálogos entre linguística e linguagens de especialidade a propósito de um dicionário terminológico
Autor: Pedrosa, Fantina Tedim
Falcão, Cecília
Ferreira, Cláudia
Martins, Cláudia Susana Nunes
Silva, Manuel
Palavras-chave: Terminologia
Ciência
Linguística
Dicionários
Issue Date: 2005
Editora: Universidade do Porto, Faculdade de Letras
Citação: Pedrosa, Fantina Tedim; Falcão Cecília, Ferreira, Cláudia; Martins, Cláudia Susana Nunes; Silva, Manuel (2005) - Dar palavra à ciência: diálogos entre linguística e linguagens de especialidade a propósito de um dicionário terminológico. In Estudos em Homenagem ao Professor Doutor Mário Vilela. Porto: Universidade do Porto, Faculdade de Letras. p. 181-192. ISBN 972-8932-06-5
Resumo: A reflexão linguística tem vindo a dar conta da vitalidade da produção e divulgação científica em português e a observar os seus processos de discussão e fixação do saber e das suas linguagens. A língua é, cada vez mais, objecto de estudo não só no âmbito estritamente linguístico mas também em áreas mais recentes que ligam, por exemplo, a língua às ciências ou a outros domínios de aplicação. A importância do português como língua de especialidade é, de facto, afirmada através de várias pesquisas, realizadas ou em curso, que têm como objectivo inscrever o português nas áreas mais inovadoras da sociedade actual. O projecto de concepção de um dicionário terminológico multilingue que nos tem ocupado inscreve-se exactamente nesta preocupação em considerar o português como uma das línguas de trabalho num domínio científico específico, o dos Estudos da População. Mas, na encruzilhada entre a língua e a ciência, a relação pode revelar-se problemática não apenas em casos equívocos ou que momentaneamente se apresentam como insolúveis, mas sobretudo quando há ausência de diálogo. Somos levados a pensar: que conexão tem existido entre as preocupações dos linguistas e terminólogos e as dos cientistas ou especialistas de uma dada área do saber? Partindo da constatação de um desencontro (tradicional) entre a linguística e a ciência, assumimos novas perspectivas de cooperação, percursos de inovação na relação imprescindível entre terminólogos e especialistas, na execução do projecto terminográfico numa área tão actual e interdisciplinar como são os estudos da população. O diálogo é a atitude natural quando reflectimos sobre os problemas que se põem à língua ao ser confrontada com as necessidades das linguagens de especialidade a análise de casos aqui exposta atesta que “dar à ciência a palavra exacta” contribuirá para a afirmação da Terminologia, enquanto disciplina autónoma, em língua portuguesa.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/4528
ISBN: 972-8932-06-5
Versão do Editor: http://aleph.letras.up.pt/F/2FH1BIV1M5KJJ5FCT1TV1LBXX61XQADES375T6JL54BQA4TFQJ-07648?func=find-b&REQUEST=estudos+em+homenagem+ao+professor+doutor+m%C3%A1rio+vilela&x=0&y=0&find_code=WRD&ADJACENT=Y
Appears in Collections:DLE - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
artigo_homenagemvilela.pdf102,29 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE