Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/3975
Title: Uso do conhecimento e identidade profissional do gerontólogo
Authors: Pereira, Fernando
Keywords: Saber profissional
Idosos e envelhecimento
Gerontólogos
Cuidados
Issue Date: 2011
Publisher: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Saúde
Citation: Pereira, Fernando (2010) - Uso do conhecimento e identidade profissional do gerontólogo. In VII Congresso Luso-Espanhol de Gerontologia. Bragança
Abstract: Objectivo central deste artigo é partilhar um conjunto de reflexões sobre o uso do conhecimento em contexto de trabalho do gerontólogo assim como dos processos de construção da sua identidade profissional. Para o efeito foram entrevistados 41 alunos finalistas dos anos 2007, 2008 e 2009 do curso de licenciatura em gerontologia da Escola Superior de Saúde de Bragança (ESSa) –Norte de Portugal. O questionário utilizado é composto por questões abertas e fechadas. Os dados preliminares deste estudo indiciam, que estes cuidadores de idosos enfrentam a necessidade de marcação do território com profissionais (assistentes sociais, enfermeiros, sociólogos e psicólogos) que “ocupam” desde há muito o terreno de excelência dos gerontólogos. É igualmente marcante a importância da socialização primária na escolha da profissão, assim como, a confiança depositada na preparação técnica, científica e humana, adquirida ao longo do curso superior. Por fim, o caso dos gerontólogos, ilustra muito bem toda a complexidade do seu campus profissional. The objective of this paper is to share a set of reflections on the use of knowledge in the workplace of the gerontologist and about the processes of building their professional identity. A sample of 41 final year students of the years 2007, 2008 and 2009 of the degree in gerontology of the Higher Health School of Bragança (ESSa) – North of Portugal was used. The questionnaire contains both open and closed questions. The data from the study indicate that these gerontologist face the necessity of define the territory with professionals (social workers, nurses, psychologists and sociologists) that "occupy" the field of gerontology. It also stressed the importance of primary socialization in the choice of profession, as well as the confidence in the technical and scientific training. Finally, the case of gerontologists, well illustrates the complexity of its campus professional.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/3975
Appears in Collections:CSE - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Uso do conhecimento e identidade profissional do Gerontólogo.pdf262,53 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.