Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Ambiente e Recursos Naturais >
ARN - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/3737

Título: Diversidade e abundância da mesofauna numa área de solos serpentínicos do Nordeste de Portugal
Autor: Pinto, M. Alice
Soares, Ediclan
Gonçalves, Ana
Amaral, Alexandra
Fonseca, Felícia
Rua, João
Arrobas, Margarida
Santos, Sónia A.P.
Palavras-chave: Mesofauna
Diversidade
Solos serpentiniticos
Issue Date: 2009
Citação: Pinto, M. Alice; Soares, Ediclan; Gonçalves, Ana; Amaral, Alexandra; Fonseca, Felicia; Rua, João; Arrobas, Margarida; Santos, Sónia A.P. (2009) - Diversidade e abundância da mesofauna numa área de solos serpentínicos do Nordeste de Portugal. In XXVI Jornadas de la Asociación Española de Entomología. Granada
Resumo: Os solos serpentiniticos caracterizam-se fundamental mente par possuírem (i) elevado teor de metais pesados (e.g. níquel e crómio), (ii) baixo teor de nutrientes essenciais, (iii) reduzida razão cálcio/magnésio e (iv) pouca capacidade de retenção de agua. Apesar destas características representarem um desafio considerável para os organismos edáficos, a tolerância adaptativa aos solos serpentiniticos e um fenómeno comum, e esta bem documentada para as plantas mas não para a mesafauna. Pretende-se com este estudo analisar a estrutura da comunidade da mesofauna em solos serpentiniticos ocupados par uma floresta natural dominada par Quercus rotundifolia e Quercus faginea. A área de estudo, a qual se localiza nas proximidades de Bragança (Portugal), foi amostrada em Setembro de 2008. Para tal recolheram-se 29 amostras de solo (cilindro de 10 em de altura e 5 em de diâmetro para a mesofauna) distribuídas por dais transeptos. No acto da recolha das amostras fez-se a separação do horizonte orgânico do horizonte mineral. A mesofauna foi retirada dos dais horizontes usando um extractor McFadyen e depois identificada par grandes grupos. a solo foi analisado quanta ao tear de humidade, pH, % de matéria orgânica, % de carbono, % de azoto e [/N e metais pesados (níquel e crómio).
URI: http://hdl.handle.net/10198/3737
Appears in Collections:ARN - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Livro_Resumos.pdf1,29 MBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia