Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Departamento de Ciências do Desporto e Educação Física >
DCDEF - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/3702

Título: Estudo preliminar das variáveis dinâmicas e cinemáticas de diferentes saltos de impulsão vertical
Autor: Carvalho, C.
Cardoso, J.
Rodrigues, C.
Barbosa, Tiago M.
Silva, A.J.
Gabriel, R.
Campaniço, J.
Vieira, L.
Carvalho, A.
Palavras-chave: Dinâmica
Cinemática
Ciclos de Alongamento-Encurtamento
CAE
Issue Date: 2009
Editora: Instituto Politécnico de Bragança
Citação: Carvalho, C.; Cardoso, J.; Rodrigues, C.; Barbosa, Tiago M.; Silva, A.J.; Gabriel, R.; Campaniço, J.; Vieira, L.; Carvalho, A. (2009) - Estudo preliminar das variáveis dinâmicas e cinemáticas de diferentes saltos de impulsão vertical. In 3º Congresso Nacional de Biomecânica. Bragança: Instituto Politécnico de Bragança. ISBN 978-989-96100-0-2
Resumo: Os objectivos principais deste estudo preliminar foram os seguintes: (i) Levantamento de um conjunto de variáveis dinâmicas e cinemáticas relevantes para o estudo dos saltos de impulsão vertical (ii) analisar com base nas variáveis anteriores as diferenças entre saltos de impulsão vertical com ou sem contra-movimento, (CAE versus não CAE) e entre os dois tipos diferentes de CAE’s (CAELongo versus CAECurto); (iii) estabelecer as relações causais entre alguns factores neuromusculares gerados durante as impulsões verticais analisadas. Nove alunos do 4ºAno do Curso de Educação Física e Desporto, sem passado desportivo relevante, realizaram cada um, cinco saltos de cada tipo (SJ, CMJ e DJ). Foi seleccionado o melhor salto entre os indivíduos no SJ, CMJ e DJ com critério na altura máxima atingida o que correspondeu a um mesmo indivíduo. Os dados dinâmicos e cinemáticos foram adquiridos com recurso a plataforma de força AMTI BP2416 à frequência de 1000 Hz e 2 câmaras JVC9800 a 100 Hz, sendo os dados tratados com recurso ao Software SimiMotion 6.1 e folha de cálculo comercial, utilizando o modelo de centro de gravidade de Dempster 1990 adaptado. Da análise dos dados constata-se que há diferença de resultados de performance, i.e., altura máxima atingida 48 cm, 44 cm e 42 cm respectivamente CMJ, DJ, e SJ. Assim os CAE’s evidenciam melhores resultados em relação ao não CAE. Em relação ao deslocamento é notória a diferença entre CAEL do CAEC onde, o DJ apresenta um menor abaixamento do centro de massa sendo a diferença foi de 22,8 cm para o CMJ. Diferenças substantivas são evidentes entre o não CAE (SJ) em relação aos CAE’s no início da fase propulsiva. Assim, por exemplo, à velocidade zero, o SJ apresenta apenas o valor de 944 N (correspondendo, genericamente, ao peso corporal do executante) e no CMJ e no DJ apresentam valor de força de 2,5 e 3,5 vezes maiores. A duração da fase ascensional, como se espera, é bastante menor no CAEc. Em relação à força e potência musculares desenvolvidas verifica-se uma gradação crescente dos valores do SJ, CMJ e DJ, assim temos um Peak Force de 2188 N, 2131 N e 3577 N e a Pmean de 1977 W, 2200 W e 2884 W respectivamente). Com este estudo procuramos, assim, associar dados cinemáticos e dinâmicos à performance dos saltos verticais, aprofundando as relações entre as variáveis de causa-efeito e o domínio na realização de ensaios, verificando algumas das relações descritas em estudos anteriores, relativos aos saltos com e sem CAE e CAEL / CAEC.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/3702
ISBN: 978-989-96100-0-2
Appears in Collections:DCDEF - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
full paper CAE.pdf319,73 kBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE