Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Teses de Mestrado >
AA - Animação Artística >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/3592

Título: A influência da animação artística na qualidade de vida dos idosos
Autor: Simões, Alexandra Dinis
Orientador: Gomes, João Lopes Marques
Issue Date: 2010
Editora: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação
Citação: Simões, Alexandra Dinis (2002) - A influência da animação artística na qualidade de vida dos idosos. Bragança: ESE. Relatório de Estágio para obtenção do Grau de Mestre em Animação Artística
Resumo: O presente Trabalho de Projecto tem como tema “A animação artística e a qualidade de vida dos idosos” e como tal pretende compreender, promover e melhorar a animação artística feita com e para os idosos. Considerando que a qualidade de vida se encontra limitada neste grupo etário, tentámos responder a uma questão colocada inicialmente e que passava por confirmar se existe uma correspondência entre a prática de actividades artísticas, nomeadamente as artes plásticas e a qualidade de vida dos idosos. Nesse sentido a nossa acção desenvolveu-se no contacto com a realidade de um Cento de Dia para idosos com idades compreendidas entre os 471 e 92 anos, sendo estes, na sua maioria, mulheres viúvas e com pouca ou nenhuma escolaridade. Este grupo fez parte de um projecto de animação, participando em actividades que incidiram sobretudo nas artes plásticas, o que nos permitiu estudar as reacções, comportamentos e opiniões expressas nessa amostra durante todo o processo. O método empregue foi a investigação-acção e as técnicas mais utilizadas foram a entrevista e o diário de bordo. A informação recolhida foi alvo de tratamento qualitativo através da análise de conteúdo. Após o estudo conclui-se que a hipótese levantada no inicio da investigação “A animação artística, desenvolvida regularmente com idosos, contribui para a melhoria da sua qualidade de vida”, depois de analisada no decorrer do estudo é considerada verdadeira.The following paper presents the issue "Artistic animation and life quality for older persons” the main goals are to study, understand, promote and enhance the artistic animation works with, and for older people. Although the limited quality of life in this age group, we aim to answer the initial question: to confirm whether the practice of artistic activities, such as painting… directly affects the quality of life for older people. Through field work, the study developed by direct observation of the routines in a day care center home for seniors, aged between 472 and 92 years, the observed populations are mostly women with low school degree or none at all. This particularly group was part of a real project, which includes participation in activities such as painting or the construction of show pieces, which allowed us to study the change of reactions, behaviors and opinions expressed by those participants along the development of the project. The methods used were field research, interview and daily logbook. By using theoretical fundaments the information collected was targeted by qualitative content analysis. The study confirms the hypothesis that origins the investigation “the development of artistic activities, and the appliance of the same on regular basis within the studied members of population, helped to improve their life quality,” the paper accurate this thesis.
URI: http://hdl.handle.net/10198/3592
Appears in Collections:AA - Animação Artística

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese Alexandra.pdf2,07 MBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE