Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Biologia e Biotecnologia >
BB - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/3464

Título: Biomassa microbiana e respiração do solo em plantações de folhosas consociadas com uma espécie acessória fixadora de N (Robinia pseudoacacia)
Autor: Pereira, Ermelinda
Arrobas, Margarida
Magalhães, Ana Luísa
Monteiro, Maria do Loreto
Patrício, Maria do Sameiro
Palavras-chave: Biomassa microbiana
Robinia pseudoacacia
Plantações mistas
Issue Date: 2009
Editora: Sociedade Portuguesa de Ciências Florestais
Citação: Pereira, Ermelinda; Arrobas, Margarida; Magalhães, Ana Luísa; Monteiro, M. Loreto; Patrício, M. do Sameiro (2009) - Biomassa microbiana e respiração do solo em plantações de folhosas consociadas com uma espécie acessória fixadora de N (Robinia pseudoacacia). In 6º Congresso Florestal Nacional - A Floresta no mundo globalizado. ISBN 9789729965616
Resumo: A presença de espécies acessórias fixadoras de N aumenta a fertilidade do solo, reduz a competição, particularmente entre diferentes tipologias radiculares e aéreas e valoriza a qualidade da madeira da espécie principal. Os microrganismos do solo, pelas suas características, além de proporcionarem respostas mais rápidas a mudanças no ambiente apresentam um alto potencial de uso na avaliação da qualidade do solo. Este trabalho pretende avaliar alterações na biomassa microbiana e respiração do solo num ensaio de plantações de folhosas consociadas com uma espécie fixadora de N (Robinia pseudoacacia), localizado no concelho de Vimioso no Nordeste Transmontano, instalado em 1998. Para o estudo consideraram-se as parcelas: puro de Prunus avium (PC), puro de Robinia pseudoacacia (PR) e Prunus avium x Robinia pseudoacacia (MRC) consociada na linha de forma alternada com um compasso de 3,5x2,0 m. Em cada parcela foram considerados 4 pontos de amostragem. A recolha de amostras de solo para a determinação dos parâmetros microbianos foi realizada na Primavera, na profundidade de 0-10 cm. A avaliação do C da biomassa microbiana (CBM) foi efectuada pelo método de fumigação-extracção. A respiração do solo foi avaliada pela produção de CO2 em sistema fechado. O carbono total (CT) foi determinado por incineração. Os primeiros resultados do CT não revelaram diferenças significativas entre parcelas. No que respeita à respiração do solo registaram-se, durante os 25 dias de incubação em condições controladas, valores médios de 54,6 µg C-CO2 g-1 solo dia-1 na parcela MRC, 27,9 µg C-CO2 g-1 solo dia-1 na parcela PC e 46,5 µg C-CO2 g-1 solo dia-1 na parcela PR. A análise dos resultados obtidos até agora revela valores mais elevados na parcela MRC embora as diferenças não possam ser consideradas estatisticamente diferentes.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/3464
Appears in Collections:BB - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Congresso açores2009.pdf639,59 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia