Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Departamento de Ciências do Desporto e Educação Física >
DCDEF - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/3185

Título: Heterogeneidade nos níveis de actividade física de crianças dos 6 aos 12 anos de idade. Um estudo em gémeos.
Autor: Maia, José A.R.
Silva, R.G.
Seabra, André
Lopes, Vítor P.
Palavras-chave: Heterogeneidade
Gémeos
Actividade física
Genética
Envolvimento
Crianças
Issue Date: 2004
Editora: Universidade do Porto. Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física
Citação: Maia, J. A. R.; Silva, R. G.; Seabra, A.; Lopes, Vítor P. (2004) - Heterogeneidade nos níveis de actividade física de crianças dos 6 aos 12 anos de idade. Um estudo em gémeos. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto. ISSN 1645-0523. 4:1, p. 39-50.
Resumo: Esta pesquisa pretende estabelecer a importância dos efeitos genéticos e do envolvimento na heterogeneidade dos valores de actividade física, em crianças com idades compreendidas entre os 6 e os 12 anos de idade. Com base numa amostra de 101 pares de gémeos monozigóticos e dizigóticos, foram estimadas as magnitudes das variâncias devidas a efeitos genéticos e do envolvimento nos níveis de actividade física, avaliados a partir do questionário de Godin e Shephard (11), depois de removidos os efeitos das covariáveis idade e sexo. Recorreu-se aos procedimentos habituais em estudos gemelares, como sejam o cálculo da correlação intra-classe (t) e da heritabilidade (h2). Foi utilizado o software Systat 10. Os principais resultados e conclusões sugerem: (1) o valor baixo de h2 na actividade física ligeira (34%) e intensa (24%), implicando que cerca de 1/4 das diferenças inter-individuais nos níveis de actividade física sejam devidas a efeitos genéticos; (2) o valor elevado da influência do envolvimento comum (familiar, amigos, professores e outros significantes), i.e., de 66% a 82%, e que remete para os pais, amigos e professores (de Educação Física e outros) um fortíssimo papel pedagógico na implementação de hábitos moderados a intensos de actividade física e estilos de vida mais saudáveis.
URI: http://hdl.handle.net/10198/3185
ISSN: 1645-0523
Versão do Editor: http://www.fade.up.pt/rpcd/vol.4_nr.1.html
Appears in Collections:DCDEF - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Maia(2004)RPCD-Heterogeneidade nos níveis de actividade física de crianças.pdf634,02 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE