Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/3136
Título: A nova sociologia institucional e a fixação de taxas municipais: estudo em autarquias portuguesas
Autor: Magalhães, Manuel
Leite, Joaquim
Palavras-chave: Taxas municipais
Gestão autárquica
Nova gestão pública (NPM)
Nova sociologia institucional (NIS)
Data: 2010
Editora: AECA
Citação: Magalhães, Manuel; Leite, Joaquim (2010). A nova sociologia institucional e a fixação de taxas municipais: estudo em autarquias portuguesas. In XIV Encuentro AECA 2010. Coimbra.
Resumo: Esta investigação pretendeu realçar o peso de factores institucionais na dispersão das taxas municipais fixadas. Os municípios portugueses dos distritos de Bragança, Vila Real, Porto, Braga e Viana do Castelo foram objecto de estudo, especificamente para as taxas de emissão de cartão de vendedor ambulante, utilização de lugares de terrado por m2 ou fracção, por dia em feiras e emissão de licença de motociclos, por serem taxas consideradas entre aquelas com maior propensão para a comparabilidade, que foram tratadas com recurso a estatísticas descritivas. Os resultados mostraram uma elevada dispersão não apenas no estudo global para todos os distritos, mas também no estudo distrito a distrito. O papel da componente institucional foi interpretado à luz da Nova Gestão Publica e da Nova Sociologia Institucional.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/3136
Aparece nas colecções:ESTiG - Artigos em Proceedings Não Indexados à WoS/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
nsiftm_coimbra2_2010.pdf116,3 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.