Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/3089
Título: Efeito da fertilização mineral e orgânica e do uso de misturas simples e complexas de sementes na instalação de pastagens anuais ricas em leguminosas
Autor: Aguiar, Carlos
Pires, Jaime
Rodrigues, M.A.
Honrado, João José
Fernández-Núñez, E.
Palavras-chave: Pastagens
Leguminosas
Data: 2010
Editora: Escola Superior Agrária de Bragança. CIMO
Citação: Aguiar, Carlos; Pires, Jaime; Rodigues, Manuel; Honrado, João; Fernández-Nuñez, Ester (2010) - Efeito da fertilização mineral e orgânica e do uso de misturas simples e complexas de sementes na instalação de pastagens anuais ricas em leguminosas. In Actas da IV reunião Ibérica de Pastagens e Forragens "Pastagens - Fonte Natural de Energia", Zamora e Miranda do Douro. p. 323-329. ISBN ISBN 978-84-9773-502-5
Resumo: No âmbito de um estudo de longo prazo de pastagens permanentes semeadas ricas em leguminosas estudou-se o efeito dos seguintes factores na flora pascícola de primeiro ano: 1) pastagem – mistura simples (MSIMP), mistura comercial complexa rica em leguminosas (MCOMP) e vegetação espontânea (ABAND); 2) fertilização de fundo – estrume de bovino (EST: 40 t/ha), fertilização mineral (FERT: 1000 kg calcário/ha, 53 kg P2O5/ha e 30 kg K2O /ha) e sem fertilização. Os dados experimentais revelaram: a percentagem de cobertura das plantas indígenas foi francamente mais elevada do que o das plantas semeadas; o tratamento ABAND foi o único que demonstrou um controlo significativo na estruturação dos dados florísticos numa RDA (Análise de redundância); FERT teve um efeito mais favorável do que EST na flora adventícia regional de cereais que colonizou as parcelas experimentais; as leguminosas semeadas – com 35,0% (EST) e 15,3% (FERT) de cobertura – foram beneficiadas pela aplicação de estrumes à sementeira; os estrumes provavelmente tiveram um efeito favorável no desenvolvimento de nichos de regeneração adequados às leguminosas, sobretudo num ano agrícola tão seco como foi o de 2008-2009; a percentagem de cobertura do L. perenne foi semelhante nos três tipos de fertilização; o tipo de mistura de sementes (MSIMP e MCOMP) teve um efeito irrelevante na flora pratense semeada.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/3089
ISBN: ISBN 978-84-9773-502-5
Aparece nas colecções:BB - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2010 Efeito da Fertilização Mineral.pdf3,95 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.