Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/3080
Título: Fixação e libertação de Zn por musgos aquáticos (Fontinalis antipyretica L. ex. Hedw.)
Autor: Martins, Ramiro
Boaventura, Rui
Palavras-chave: Zinco
Musgo aquático
Fontinalis antipyretica
Data: 1998
Citação: Martins, Ramiro; Boaventura, Rui (1998) - Fixação e libertação de Zn por musgos aquáticos (Fontinalis antipyretica L. ex. Hedw.). In CHEMPOR'98 7th International Chemical Engineering Conference. Lisboa. p.1157-1166.
Resumo: A acumulação e posterior eliminação de zinco por uma briófita aquática- Fontinalis antipyretica L. ex Hedw.- foi estudada experimentalmente em laboratório, expondo a planta a quatro concentrações de zinco na gama, 1.0-5.0 durante o período de contaminação (144 horas), seguido dum período de descontaminação (120 horas) em contacto com água isenta de metal. As experiências foram conduzidas em tanques perfeitamente agitados e a luminosidade controlada, sendo usados musgos colhidos em Fevereiro de 1997, com concentração inicial de Zn de 263.5 em peso seco. Foi usado um modelo cinético de transferência de massa de 1ª ordem no ajuste dos dados experimentais por forma a determinar as constantes de acumulação e eliminação, e , a concentração de Zn no musgo no final do período de contaminação, , e as concentrações de equilíbrio no final dos períodos de contaminação e descontaminação, e , respectivamente.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/3080
Aparece nas colecções:DTQB - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RJ Martins & RR Boaventura Chempor98.pdf110,77 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.