Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Produção e Tecnologia Vegetal >
PTV - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/3055

Título: Metodologia para avaliar a dinâmica do azoto no solo em pastagens fitodiversas
Autor: Rodrigues, M.A.
Arrobas, Margarida
Pires, Jaime
Aguiar, Carlos
Issue Date: 2009
Editora: Sociedade Portuguesa de Pastagens e Forragens
Citação: Rodrigues, Manuel; Arrobas, Margarida; Pires, Jaime; Aguiar, Carlos (2009) - Metodologia para avaliar a dinâmica do azoto no solo em pastagens fitodiversas. In XXX Reunião de Primavera SPPF. Castro Marim
Resumo: No estudo da dinâmica do azoto nos solos diversas metodologias podem ser utilizadas. Técnicas de incubação in situ, que consistem em incubar solo em condições mais ou menos próximas das que ocorrem na rizosfera, são de uso generalizado em ecossistemas naturais e agrícolas. Podem também colher-se amostras de solo e efectuarem-se ensaios em vasos, onde se cultivam espécies que permitam cortes múltiplos, como azevém, e se avalia, de forma sequencial, o N exportado. Podem efectuar-se incubações laboratoriais, em condições aeróbias ou anaeróbias, em que amostras de solo são colocadas a incubar por períodos de tempo e condições ambientais diversificadas. Para obter informação de forma expedita usam-se métodos de extracção química, em que soluções de natureza diversa (ácidas, básicas, salinas, .} provocam a libertação das fracções mais lábeis do nutriente que, de seguida, se analisam nos extractos. Contudo, a informação destes métodos deve ser calibrada a partir de ensaios de campo, onde se avalia a exportação de N na biomassa no final do ciclo ou através de cortes sequenciais. Em pastagens, atendendo à mistura de espécies (de composição química muito distinta) e à sua irregular distribuição espacial, é sempre difícil avaliar a dinâmica do nutriente no solo a partir da exportação, na medida em que as amostras, necessárias à quantificação da biomassa e à análise química dos tecidos, são difíceis de padronizar.
Arbitragem científica: no
URI: http://hdl.handle.net/10198/3055
Appears in Collections:PTV - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
NsoloCmarim.pdf729,97 kBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE