Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Produção e Tecnologia Vegetal >
PTV - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/2962

Título: Gestão da fertilização azotada em couve Penca de Mirandela (Brassica oleracea, var. costata) recorrendo a fertilizantes que libertam os nutrientes de forma condicionada
Autor: Santos, Helga
Rodrigues, M.A.
Dias, L.G.
Arrobas, Margarida
Issue Date: 2008
Editora: Sociedade Portuguesa da Ciência do Solo
Citação: Santos, Helga; Rodrigues, Manuel; Dias, Luís; Arrobas, Margarida (2003) - Gestão da fertilização azotada em couve Penca de Mirandela (Brassica oleracea, var. costata) recorrendo a fertilizantes que libertam os nutrientes de forma condicionada. In III Congresso Ibérico da Ciência do Solo. Évora
Resumo: A couve Penca de Mirandela foi recentemente certificada e tem sido objecto de promoção pelas autoridades locais com a organização de feiras e concursos. O ciclo cultural típico desta couve inicia-se ao Verão com a instalação dos viveiros, sendo a transplantação efectuada no final desta estação. A colheita ocorre próximo do fim do Outono, tendo como pico de consumo a época natalícia, O ciclo cultural deste vegetal toma difícil a gestão da fertilização azotada. As taxas de crescimento mais elevadas, e também as maiores necessidades de azoto, 000item no Outono, quando o risco potencial de lixiviação de nitratos á já bastante elevado, Neste contexto, fará todo o sentido equacionar-se o uso de fertilizantes que condicionem a libertação de azoto, Neste trabalho silo apresentados resultados de um ensaio de campo com couve tronchuda que decorreu em Bragança em que se utilizaram fertilizantes que libertam N de forma condicionada Floranid (FIo) (adubo de libertação lenta, Isodor/lBDU) Basacote (Bas) (adubo revestido por polímero), Entec (Ent) (adubo com inibidor da nitrificação DMPP). Foi também utilizada ureia e incluída uma modalidade testemunha. Os fertilizantes foram aplicados na dose de 120 kg N há-1. A ureia foi aplicada integralmente em fundo (Uf) e fraccionada a 50% (Uf+c). Os quantitativos dos outros nutrientes foram ajustados usando adubos simples. Os tratamentos foram dispostos num delineamento experimental completamente casualizado com três repetições
URI: http://hdl.handle.net/10198/2962
Appears in Collections:PTV - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
PencaLibertação lenta.pdf649,37 kBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE