Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Produção e Tecnologia Vegetal >
PTV - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/2949

Título: Efeito de práticas culturais diversas na safra e contra safra do olival
Autor: Lopes, João
Pavão, Francisco
Cabanas, J.E.
Rodrigues, M.A.
Moutinho-Pereira, J.M.
Issue Date: 2005
Editora: Sociedade Portuguesa da ciência do Solo
Citação: Lopes, João; Pavão, Francisco; Cabanas, José; Rodrigues, Manuel; Moutinho-Pereira, José (2005) - Efeito de práticas culturais diversas na safra e contra safra do olival. In Encontro Anual da Sociedade Portuguesa da Ciência do Solo. Castelo Branco
Resumo: Neste trabalho, apresentam-se resultados do efeito de um conjunto de práticas culturais sobre o fenómeno da safra contra safra em olival. Os ensaios foram instalados num olival da cv. Verdeal Transmontana em Suçães, Mirandela, após pré-selecção das árvores baseada na homogeneidade da copa. Os diferentes tratamentos incidiram sobre grupos aleatórios de 8 árvores e consistiram em: duas linhas de azoto, (1) com o elemento aplicado ao solo no fim do Inverno e (2) uma modalidade testemunha (sem l’4); três Unhas de potássio, (1) com aplicação ao solo, (2) aplicação ao solo + K aplicado por via foliar no Verão e (3) testemunha (sem K) três linhas de bom, (1) aplicado ao solo, (2) aplicado por via foliar três semanas antes da floração e(3) testemunha (sem B); e poda e vareja manual, com (1) poda severa em safra, (2) vareja manual e (3) testemunha (poda ligeira e colheita mecânica). Comparam-se os valores de produção obtidos na colheita 2003/04 (ano zero) com os valores da colheita seguinte (04/05). Na colheita de 03/04, um total de 72 árvores marcadas produziram eu’ média 23.3 kg de azeitona/árvore. Em 04/05, as mesmas 72 árvores produziram 6.5 kg/árvore, evidenciando um ano de safra seguido de contra safra. A modalidade com aplicação de N filo atenuou a contra safra. A produção média foi ligeiramente inferior na modalidade fertilizada, se bem que as diferenças não apresentem significado estatístico (wCO.05). As modalidades com aplicação de potássio apresentaram valores médios ligeiramente superiores à modalidade sem K, embora as diferenças também não tenham sido significativas. A aplicação de B foliar originou um estimulo superior na produção comparativamente aos cultos elementos e à aplicação do próprio elemento ao solo, Contudo, devido a elevada variabilidade experimental as diferenças também aio foram significativas. Poda severa em ano de safra e vareja manual produziram 3.8 e 3.6 kg de azeitona/árvore, respectivamente, valores significativamente inferiores à modalidade testemunha em que se atingiram 8.2 kg/árvore. Assim, baseados apenas na produção de azeitona e um ano após a instalação dos ensaios, conclui-se que a poda e a vareja exerceram um feito mais evidente e imediato no fenómeno da safra e contra safra que a gestão de fertilidade do solo e do estado nutritivo das árvores.
URI: http://hdl.handle.net/10198/2949
Appears in Collections:PTV - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Safra1.pdf57,9 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia