Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Produção e Tecnologia Vegetal >
PTV - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/2949

Título: Efeito de práticas culturais diversas na safra e contra safra do olival
Autor: Lopes, João
Pavão, Francisco
Cabanas, J.E.
Rodrigues, M.A.
Moutinho-Pereira, J.M.
Issue Date: 2005
Editora: Sociedade Portuguesa da ciência do Solo
Citação: Lopes, João; Pavão, Francisco; Cabanas, José; Rodrigues, Manuel; Moutinho-Pereira, José (2005) - Efeito de práticas culturais diversas na safra e contra safra do olival. In Encontro Anual da Sociedade Portuguesa da Ciência do Solo. Castelo Branco
Resumo: Neste trabalho, apresentam-se resultados do efeito de um conjunto de práticas culturais sobre o fenómeno da safra contra safra em olival. Os ensaios foram instalados num olival da cv. Verdeal Transmontana em Suçães, Mirandela, após pré-selecção das árvores baseada na homogeneidade da copa. Os diferentes tratamentos incidiram sobre grupos aleatórios de 8 árvores e consistiram em: duas linhas de azoto, (1) com o elemento aplicado ao solo no fim do Inverno e (2) uma modalidade testemunha (sem l’4); três Unhas de potássio, (1) com aplicação ao solo, (2) aplicação ao solo + K aplicado por via foliar no Verão e (3) testemunha (sem K) três linhas de bom, (1) aplicado ao solo, (2) aplicado por via foliar três semanas antes da floração e(3) testemunha (sem B); e poda e vareja manual, com (1) poda severa em safra, (2) vareja manual e (3) testemunha (poda ligeira e colheita mecânica). Comparam-se os valores de produção obtidos na colheita 2003/04 (ano zero) com os valores da colheita seguinte (04/05). Na colheita de 03/04, um total de 72 árvores marcadas produziram eu’ média 23.3 kg de azeitona/árvore. Em 04/05, as mesmas 72 árvores produziram 6.5 kg/árvore, evidenciando um ano de safra seguido de contra safra. A modalidade com aplicação de N filo atenuou a contra safra. A produção média foi ligeiramente inferior na modalidade fertilizada, se bem que as diferenças não apresentem significado estatístico (wCO.05). As modalidades com aplicação de potássio apresentaram valores médios ligeiramente superiores à modalidade sem K, embora as diferenças também não tenham sido significativas. A aplicação de B foliar originou um estimulo superior na produção comparativamente aos cultos elementos e à aplicação do próprio elemento ao solo, Contudo, devido a elevada variabilidade experimental as diferenças também aio foram significativas. Poda severa em ano de safra e vareja manual produziram 3.8 e 3.6 kg de azeitona/árvore, respectivamente, valores significativamente inferiores à modalidade testemunha em que se atingiram 8.2 kg/árvore. Assim, baseados apenas na produção de azeitona e um ano após a instalação dos ensaios, conclui-se que a poda e a vareja exerceram um feito mais evidente e imediato no fenómeno da safra e contra safra que a gestão de fertilidade do solo e do estado nutritivo das árvores.
URI: http://hdl.handle.net/10198/2949
Appears in Collections:PTV - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Safra1.pdf57,9 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE