Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Produção e Tecnologia Vegetal >
PTV - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/2943

Título: Eficácia do triticale como cultura intercalar na recuperação de azoto residual
Autor: Rodrigues, M.A.
Coutinho, João
Martins, Fernando
Issue Date: 2000
Editora: Sociedade Portuguesa da Ciência do Solo
Citação: Rodrigues, Manuel; Coutinho, João; Martins, Fernando (2000) - Eficácia do triticale como cultura intercalar na recuperação de azoto residual. In Encontro Anual da Ciência do Solo
Resumo: Durante três anos consecutivos (1996-1999) ava1iou-~e a eficácia da introdução de uma cultura intercalar de Outono/Inverno, uma forragem de triticale, na recuperação do azoto residual resultante de várias modalidades de fertilização mineral e orgânica na cultura da batata da estação anterior. Após a colheita da batata foram determinados os níveis de N-N03 e N-NH4tno solo. Os talhões foram divididos a meio e constituíram-se as modalidades com plantas e solo nu. No fim do Inverno foi avaliado o estado nutritivo do triticale com base nos níveis de N-NO, e N total nas plantas. No fim de Abril, data do corte, determinaram-se os níveis de N mineral no solo, a percentagem de N total nas plantas e a produção de biomassa. Em Outubro foram registadas diferenças significativas nos níveis de nitratos no solo entre as modalidades de fertilização da batata. No Inverno, o estado nutritivo das plantas não evidenciou as diferenças registadas no solo no Outono, sucedendo o mesmo na data do corte com os níveis de N mineral no solo, estado nutritivo das plantas e biomassa produzida. No fim de Abril, as plantas recuperaram até 80 kg N lia ~. Nessa data, os níveis de N-NO3 no solo eram significativamente mais elevados nas modalidades de solo nu. Estes resultados indicam que o triticale parece ser pouco eficaz a recuperar o N residual da cultura anterior devido tanto á precipitação ocorrida no Outono, como ao insuficiente desenvolvimento da cultura no período Outono/Inverno. Contudo, a cultura parece ser bastante eficiente a absorver o azoto que se mineraliza a partir do fim do Inverno e início da Primavera.
URI: http://hdl.handle.net/10198/2943
Appears in Collections:PTV - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TriticaleIntercalar.pdf98,65 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia