Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Tecnologia e Gestão >
Gestão Industrial >
DGI - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/2822

Título: Avaliação de desempenho no sector do retalho
Autor: Vaz, Clara B.
Camanho, Ana
Palavras-chave: Data envelopment analysis
Retalho
Issue Date: 2004
Editora: APDIO
Citação: Vaz, Clara B.; Camanho, Ana (2004) - Avaliação de desempenho no sector do retalho. In 11º Congresso da Associaçcão Portuguesa de Investigação Operacional (APDIO). Porto: APDIO
Resumo: O objectivo deste estudo é avaliar a eficiência das lojas de uma empresa de retalho de base alimentar, recorrendo à técnica de Data Envelopment Analysis. A eficiência é avaliada ao nível operacional e ao nível comercial, numa perspectiva de maximização de outputs. Os modelos foram definidos tendo em conta as características gerais do negócio de retalho, assim como a forma de funcionamento específica da empresa utilizada como caso de estudo. O modelo de eficiência operacional analisa a capacidade de cada loja em gerar vendas com o mínimo de recursos (i.e., área, stock, custos das vendas, encargos gerais e encargos com pessoal) tendo em conta a envolvente da loja (i.e., concorrência e população). A eficiência comercial da loja é avaliada através da comparação entre as secções semelhantes das diversas lojas da empresa (i.e., secção de produtos alimentares, perecíveis, bazar ligeiro, bazar pesado, têxteis). A política comercial de cada secção é definida centralmente (i.e. negociação de preços com os fornecedores e escolha das referências disponíveis em cada loja). O modelo da eficiência comercial reflecte a adequação das políticas comerciais à actividade da loja e à envolvente em que se insere. Para além da avaliação de eficiência, os modelos identificam o tipo de rendimentos à escala e dimensão óptima das lojas. Como a empresa surge no mercado com lojas de insígnias diferentes, avalia-se também o impacto da insígnia na actividade operacional e comercial das lojas. Para assegurar que os modelos definidos reflectem adequadamente a percepção dos gestores da empresa envolvidos no projecto de avaliação de eficiência das lojas, os modelos de DEA foram refinados com a restrição da gama de pesos atribuíveis a cada variável.
URI: http://hdl.handle.net/10198/2822
Appears in Collections:DGI - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
IO 2004-Porto-FEUP-abstract.pdf176,25 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia