Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/17682
Título: Evaluation of a Filter System to Harvest Plasma for Total Protein Measurement in Newborn Calves of the Holstein Breed
Autor: Oliveira, Luiza da Costa Corrêa
Orientador: Valentim, Ramiro
Heuwieser, Wolfgang
Palavras-chave: Calves
Colostrum
Failure of passive transfer
Data de Defesa: 2018
Resumo: The objective of this study was to evaluate a filter system to harvest plasma in order to assess failure of passive transfer (FPT) in newborn calves. Blood samples (n = 227) were collected from Holstein calves aged 1 to 6 days, from 4 commercial dairy herds in the northeast of Germany. Serum IgG concentration was determined in serum using an ELISA test. Failure of passive transfer was defined as IgG concentrations ≤ 10 mg/mL and used as a gold standard. An optical refractometer and 2 different digital BRIX refractometers were used to assess FPT in serum or plasma. Serum was obtained through centrifugation. Plasma was either obtained through a filter system or centrifugation. A receiver operating characteristic curve analysis was used to determine an optimum threshold for each of the 3 devices using different media. Sixty-seven (30%) calves had FPT. For device 1, the optimum threshold was 8.9% (Se 82.1%; Sp 63.8%; AUC 0.81), 9.4% (Se 76.1%; Sp 73.7%; AUC 0.80), using serum and centrifuged plasma, respectively. For device 2, the optimum threshold was 8.7% (Se 74.6%; Sp 76.2%; AUC 0.83), 9.5% (Se 80.6%; Sp70.6%; AUC 0.83), 9.2% (Se 58.2%; Sp 87.5%; AUC 0.80) using serum, centrifuged plasma, and filtered plasma, respectively. For device 3, the optimum threshold was 5.6 g/dL (Se 70.1%; Sp 80.0%; AUC 0.85), 6.3 g/dL (Se 82.1%; Sp 68.1%; AUC 0.84), 6.0 g/dL (Se 56.7%; Sp 90.0%; AUC 0.80) using serum, centrifuged plasma, and filtered plasma, respectively. Based on AUC the 3 devices yielded comparable test characteristics to identify calves with FPT. In conclusion, a filter system can be used to facilitate the evaluation of FPT as a point of care technique in calves without the need for serum centrifugation.
O objetivo deste estudo foi avaliar um sistema de filtragem para recolher plasma para avaliar a falha na transferência passiva (FTP) em vitelos recém-nascidos. As amostras de sangue (n = 227) foram recolhidas a partir de vitelos da raça Holstein (1 a 6 dias de idade), de 4 explorações leiteiras comerciais localizadas no nordeste da Alemanha. A concentração sérica de IgG foi determinada no soro utilizando o método ELISA. A falha da transferência passiva foi definida como concentrações de IgG ≤ 10 mg/mL e utilizada como padrão. Um refratómetro óptico e dois refratómetros digitais BRIX foram usados na avaliação do FTP no soro ou plasma. O soro foi obtido por centrifugação. O plasma foi obtido através de um sistema de filtração ou de centrifugação. Utilizou-se uma análise de curva característica de operação do receptor para determinar um limiar ótimo para cada um dos 3 dispositivos que utilizam meios diferentes. Sessenta e sete (30%) bezerros tinham FTP. Para o dispositivo 1, o limiar ótimo foi de 8,9% (Se 82,1%; Sp 63,8%, AUC 0,81), 9,4% (Se 76,1%; Sp 73,7%, AUC 0,80), utilizando soro e plasma centrifugado, respectivamente. Para o dispositivo 2, o limiar ótimo foi de 8,7% (Se 74,6%, Sp 76,2%, AUC 0,83), 9,5% (Se 80,6%, Sp70,6%, AUC 0,83), 9,2% (Se 58,2%; Sp 87,5%, AUC 0.80) utilizando soro, plasma centrifugado e plasma filtrado, respectivamente. Para o dispositivo 3, o limiar ótimo foi de 5,6 g/dL (Se 70,1%; Sp 80,0%, AUC 0,85), 6,3 g/dL (Se 82,1%; Sp 68,1%; AUC 0,84), 6,0 g/dL (Se 56,7%; Sp 90,0%; AUC 0,80) utilizando soro, plasma centrifugado e plasma filtrado, respectivamente. Com base na AUC, os 3 dispositivos produziram características de teste comparáveis para identificar vitelos com FTP. Em conclusão, um sistema de filtro pode ser usado para facilitar a avaliação de FTP como técnica de ponto de tratamento em vitelos sem a necessidade de centrifugação no soro.
URI: http://hdl.handle.net/10198/17682
Designação: Mestrado em Tecnologia da Ciência Animal
Aparece nas colecções:ESA - Dissertações de Mestrado Alunos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Luiza Oliveira.pdf825,57 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.