Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/15944
Título: Maneio reprodutivo em ovinos e caprinos 9. Ovulação múltipla e transferência de embriões (MOET)
Autor: Correia, Teresa Montenegro
Gomes, Maria José
Valentim, Ramiro
Rodrigues, Isilda
Azevedo, Jorge
Palavras-chave: MOET
Ovulação multipla e transferência de embriões
Data: 2017
Citação: Correia, Teresa Montenegro; Gomes, Maria José Marques; Valentim, Ramiro; Rodrigues, Isilda; Azevedo, Jorge (2017) - Maneio reprodutivo em ovinos e caprinos 9. Ovulação múltipla e transferência de embriões (MOET). Agrotec. ISSN 2182-4401. 25, p. 20-24
Resumo: A ovulação múltipla e a transferência embrionária (MOET), assim como a produção in vitro de embriões (IVEP), são tecnologias reproduuvas que permitem a manipulação estratégica para o incremento do melhoramento genético dos rebanhos. São poderosas ferramentas para a produção ovina e caprina, capacitando- -a para responder às exigências crescentes de aumento da produtividade e da qualidade. Em pequenos ruminantes - ovinos e caprinos, estas tecnologias reprodutivas [l] representam um grande potencial para o melhoramento, quer em animais de leite, quer em animais de carne. Importa salientar ainda, a sua importância em programas de recuperação de raças em perigo de extinção ([2], [3], [4]). A inseminaçâo artificial é uma técnica convencional para acelerar o ganho genético através da difusão do potencial de machos selecionados. Já a comercialização de embriões, produzidos in vivo ou in vitro, teria a vantagem da combinação de machos melhoradores para fertilização de oócitos de fêmeas selecionadas. Nos pequenos ruminantes, em que o seu pequeno tamanho corporal não permite o manuseamento retal e, no caso particular da ovelha, ainda a complexidade da anatomia cervical, para além da grande variabilidade na resposta a programas de superovulação e qualidade dos embriões assim obtidos, levam a que a técnica de MOET evolua de forma mais lenta ([2], [5]). Assim, se o comércio de embriões representa uma atividade importante que se está a desenvolver rapidamente em bovinos, já em pequenos ruminantes è praticamente inexistente. De acordo com a Comissão de Recuperação de Dados da Sociedade Internacional de Transferência de Embriões", não existem dados disponíveis sobre esta comercializacão, presumidamente por causa do pequeno número de países a praticá-la. A MOET em pequenos ruminantes é praticada em apenas doze países, destacando-se a nível mundial a Argentina e, a nível europeu, a França [6].
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/15944
ISSN: 2182-4401
Aparece nas colecções:CIMO - Artigos em Revistas Não Indexados à WoS/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Agrotec 2017-2.pdf842,65 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.