Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Tecnologia e Gestão >
Construções Civis e Planeamento >
DCCP - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/1364

Título: Análise estatística da patologia em edifícios recentes
Autor: Rodrigues, Rui Calejo
Silva, Flora
Palavras-chave: Patologia
Diagnóstico
Comportamento de edifícios em serviço
Issue Date: 2007
Editora: Universidade de Coimbra
Citação: Rodrigues, Rui Calejo; Silva, Flora (2007) - Análise estatística da patologia em edifícios recentes. In 3º Congresso Nacional da Construção. Coimbra.
Resumo: O património edificado com menos de 25 anos, considerado o património recente, apresenta um conjunto muito elevado de edifícios cujo desempenho está abaixo do padrão desejável. O País em geral, e a região de Trás-os-Montes, particularmente o Distrito de Bragança sofreu nessa época um enorme incremento de construção, muitas das vezes sem ser dotada das necessárias características de robustez que lhe permita evidenciar hoje em dia uma melhor condição de estado. Recorrendo-se a uma amostra aleatória do parque edificado em causa procedeu-se à tipificação de fenómenos de patologia associados à respectiva manifestação patológica. Analisaram-se por meio de um processo de diagnóstico cerca de 100 casos dos quais se apresentam as situações mais frequentes bem como as respectivas incidências na qualidade de vida dos utentes. Conclui-se com a identificação das principais causas que estiveram na origem das manifestações observadas salientando-se a existência de erros do processo (projecto e construção) como a causa mais frequente (80%). Patologia relacionada com a Humidade e com Fissuração representa por sua vez cerca de 80% da totalidade das disfunções analisadas de onde se conclui que a acção de agentes atmosféricos, bioquímicos ou físicos, bem como o fim do ciclo de vida dos componentes acaba por não justificar a durabilidade da construção que se vê prematuramente afectada por erros. Não restam dúvidas que a acção mais importante a encetar para contrariar este cenário é a de recrutar actores especializados para o processo construtivo, integrando-os em estruturas profissionais que possam garantir a eficiência do seu desempenho.
URI: http://hdl.handle.net/10198/1364
Appears in Collections:DCCP - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Comunicação2_2007.pdf723,85 kBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE