Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/12517
Título: Fatores diferenciadores do potencial empreendedor dos estudantes da Escola Superior Agrária de Bragança.
Autor: Ribeiro, Maria Isabel
Fernandes, António
Palavras-chave: Potencial empreendedor
Inovação
Ciências agrárias
Data: 2015
Editora: Instituto Politécnico de Bragança
Citação: Ribeiro, Maria Isabel; Fernandes, António (2015) - Fatores diferenciadores do potencial empreendedor dos estudantes da Escola Superior Agrária de Bragança. In Bento, Albino (Ed.) I Congresso Nacional das Escolas Superiores Agrárias: livro de resumos. Bragança: Instituto Politécnico de Bragança. ISBN 978-972-745-198-2
Resumo: Do ponto de vista económico um empreendedor é um indivíduo que está motivado para ser inovador, é agente de mudança e de criação de riqueza, acrescentando valor aos recursos e a outros ativos, sendo, normalmente, encarado como uma pessoa que sabe identificar as oportunidades de negócios e os nichos do mercado. Este estudo é do tipo cross-section e teve como objetivo identificar fatores diferenciadores do potencial empreendedor em 50 estudantes da Escola Superior Agrária de Bragança. Para a recolha de dados foi utilizada a escala Entrepreneurial Potential Indicator. A maioria era do género feminino (78%); tinha 22 ou mais anos (56%), estudava em regime ordinário (84%); era proveniente da região Norte (84%), vivia em meio urbano (52%) e frequentava o 1º ciclo de estudos (82%). Mais de metade dos inquiridos apresentou competências empreendedoras (66%). Os fatores, de capital humano, considerados, nomeadamente, o regime de frequência, ano e ciclo de estudos, mostram não estar associados ao potencial empreendedor. O mesmo resultado foi obtido tendo em conta os fatores sociodemográficos. Contudo, os resultados revelaram a existência de uma relação de causa e efeito entre as características “Propensão ao risco” e “Autocontrolo” e o potencial empreendedor. Todas as dimensões consideradas designadamente, Autoconfiança, Necessidade de realização, Autocontrolo, Tolerância à incerteza, Propensão ao risco e Inovação, mostraram estar positiva e fortemente correlacionadas com o potencial empreendedor, embora, se tenham destacado como determinantes, o Autocontrolo e a Propensão ao risco, caraterísticas que explicam em 92,9% o potencial empreendedor dos estudantes. Esta situação poderá ser melhorada através de ações de formação que permitam desenvolver competências ao nível do planeamento e da tomada de decisão no sentido de facilitar a elaboração de planos de ação e a tomada de decisão racional; e consequentemente, promover a procura de atividades novas ou novas formas de desenvolver as já existentes.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/12517
ISBN: 978-972-745-198-2
Aparece nas colecções:CIMO - Resumos em Proceedings Não Indexados à WoS/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
resumo empreende.pdf6,88 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.