Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/10503
Título: Análise da marcha em crianças com tratamento cirúrgico do pé boto
Autor: Flores, Andreia Manuela Crespo
Orientador: Piloto, P.A.G.
Marques, Arcelina
Alegrete, Nuno
Palavras-chave: Pé boto
Tratamento cirúrgico
Análise de marcha
Cinemática com o modelo do pé multissegmentado
Cinética
Eletromiografia
Data de Defesa: 2014
Resumo: O pé boto é uma patologia bastante frequente na área de ortopedia infantil, no entanto o seu tratamento ainda é muito discutido por muitos profissionais de saúde, devido às abordagens que existem. O presente trabalho tem como objetivo comparar crianças que foram submetidas a um tratamento cirúrgico de pé boto com um grupo de controlo, e verificar quais as consequências que este tratamento cirúrgico originou no desenvolvimento motor e na marcha. O método de investigação utilizou o estudo cinemático e dinâmico da marcha e o estudo da ativação muscular (eletromiografia), focando a avaliação nos membros inferiores, uma vez que é em torno destes que se realiza o tratamento. A análise de marcha foi realizada a um grupo de seis crianças submetidas a tratamento cirúrgico (quatro crianças com pé boto unilateral e duas crianças com pé boto bilateral) e a um grupo de controlo, constituído por dez crianças, utilizando o sistema de captura de movimento, Qualisys, para obtenção das amplitudes angulares dos três segmentos do pé (ante pé, retro pé e hálux), bem como em relação à tíbia. Este sistema foi sincronizado com as plataformas de força para obtenção das forças de reação no solo (FRS), e também com a eletromiografia de quatro músculos de cada perna (gastrocnémio lateral, gastrocnémio medial, peronial longo e tibial anterior). Todos estes dados foram analisados num programa de modelação tridimensional, Visual 3D, onde foi construído um modelo tridimensional, e configurado de modo a obter a variação angular dos segmentos e articulações, as FRS e as amplitudes da ativação muscular. Depois das simulações foi efetuado um tratamento estatístico fazendo três tipos de análise: Análise 1 – grupo de pés patológicos (PP) com grupo dos pés de controlo (PC); Análise 2 – grupo de pés saudáveis (PS) com o grupo de pés controlo; Análise 3 – grupo de pés unilaterais (PU) com o grupo de pés bilaterais (PB). Os pés patológicos são todos aqueles que foram submetidos à cirurgia, que podem ser unilaterais (num membro) ou bilaterais (ambos os membros), enquanto os pés saudáveis são os pés do grupo patológico que não foram submetidos a qualquer cirurgia ou tratamento. Os pés de controlo são os pés do grupo de controlo, de todos os indivíduos sem qualquer patologia associada. A análise final demonstrou que existem alguns parâmetros biomecânicos comuns às crianças que se submeteram ao tratamento cirúrgico, nomeadamente os pés patológicos possuírem maior rigidez na maioria dos movimentos pertencentes ao corpo do pé, e menor rigidez nos movimentos relacionados com a tíbia principalmente nos bilaterais, o que também acontece em relação aos pés saudáveis. Demonstrou-se ainda que os pés saudáveis apresentam uma maior variação do tempo de ativação muscular, com uma ativação mais longa durante os movimentos.
The clubfoot is a very frequent pathology in infantile orthopedics; however its treatment was and is much discussed by many health professionals, due to the approaches still existing. This study aims to compare a group of children subjected to a surgical treatment and a group of children with no pathology, to assess the real consequences that this treatment introduces in motor development and in gait. For this purpose the methodology of gait analysis with electromyography was used, focused on the lower limbs, because it is obviously the focus of the treatment. Gait analysis using the motion capture system Qualisys, was performed with a group of six children who underwent surgery (four children with unilateral clubfoot and two children bilateral clubfoot) and a group of ten children (control group), to obtain the angular amplitudes of the three segments of the foot (forefoot, hindfoot and hallux) and with respect to the tibia . This system was synchronized with the force platforms to obtain the ground reaction forces and electromyography was used to evaluate the activation of four muscles in each leg (lateral gastrocnemius, medium gastrocnemius, tibialis anterior and peroneus longus). All data was analyzed with three-dimensional modeling software, 3D Visual, where a three-dimensional model was built and simulated to obtain the angles variation of the segments, the ground reaction forces and the amplitude of the muscle activation. After simulations, subsequent statistical analysis was developed with three comparative analyses: Analysis 1 – group of pathological feet with control feet group; Analysis 2 - Healthy Feet group with control feet group; Analysis 3 - Unilateral feet group with bilateral feet group. Pathological feet are all those which underwent surgery, and may be unilateral (one limb) or bilateral (both limbs), while healthy feet group corresponds to those feet which did not undergo any surgery or treatment for the pathological children. The control feet are the feet of the control group of the all individuals without any associated pathology. The final analysis has shown that there are some biomechanical parameters common to children submitted to surgery, namely the pathological feet presenting greater rigidity in the majority of the movements related to the foot body and lower stiffness in the movements related to tibia mainly bilateral feet, which also true for healthy feet. It is further demonstrated that healthy feet exhibit greater variation in time of muscle activation.
URI: http://hdl.handle.net/10198/10503
Designação: Mestrado em Tecnologia Biomédica - especialização em Biomecânica e Reabilitação
Aparece nas colecções:TB - Tecnologia Biomédica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Andreia Manuela Crespo Flores.pdf2,87 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.