Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/10393
Título: Meta-análise: estudo dos efeitos de programas de intervenção na prevenção de obesidade em crianças
Autor: Vasques, Catarina
Magalhães, Pedro M.
Cortinhas, António
Correia, Teresa
Mota, Maria Paula
Lopes, Vítor P.
Palavras-chave: Intervenção
Obesidade
Crianças
Data: 2011
Editora: Sociedade Portuguesa de Cirurgia
Citação: Vasques, Catarina; Magalhães, Pedro M.; Cortinhas, António; Correia, Teresa; Mota, Maria Paula; Lopes, Vítor P. (2011) - Meta-análise: estudos dos efeitos de programas de intervenção na prevenção de obesidade em crianças. In 15º Congresso Português de Obesidade: combater a obesidade: uma missão possível. Coimbra
Resumo: A redução na prevalência de sobrepeso e obesidade são agora desafios prioritários para os pesquisadores em Epidemiologia e Saúde Pública. Diversas instituições médicas e científicas (American Heart Association, Center for Disease Control EUA, National Institutes of Health) demonstraram a sua grande preocupação com a diminuição dos níveis de actividade física em crianças e jovens, referindo que é de extrema importância, nessas idades, a adopção de um estilo de vida activo aliado a hábitos alimentares saudáveis. Objectivo: determinar o efeito de programas de intervenção sobre o IMC de crianças. Métodos: foram incluídas na análise 75 correlações (N=25432) de 54 estudos publicados em idioma Inglês e Português, pesquisados nas bases de dados eletrónicas: Pub Med MEDLINE, Web of Science (ISI); Lista de EBSCO; Latindex; SciELO.org e listas de referência ao artigo, datados do ano 2000 até 2011. Resultados: O effect size global foi de 0,095, embora seja estatisticamente significativo, revelou-se de baixa magnitude. O valor do effect size nos rapazes (r=0, 020) é ligeiramente inferior ao das raparigas (r=0,046), ainda assim, não são estatisticamente significativos (p=0,263). Existem diferenças significativas entre os programas realizados na escola e fora da escola (p=0,002). Nos programas com duração inferior a um ano r=0,056 e superiores a um ano r=0,133, ou seja, à medida que o tempo de intervenção aumenta o valor de effect size também aumenta. Conclusões: o presente estudo revelou que os programas de intervenção para prevenção da obesidade têm um efeito positivo, embora de baixa magnitude, no IMC das crianças e jovens. Os programas realizados fora da escola apresentam um efeito superior aos realizados na escola. Quando o programa tem uma duração superior a um ano, o tamanho do efeito da intervenção aumenta.
URI: http://hdl.handle.net/10198/10393
Aparece nas colecções:DCDEF - Posters em Encontros Científicos Nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Poster Coimbra SPEO 2011.pdf1,06 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.